WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

VEREADORES DE GANDU ENTRAM NA JUSTIÇA CONTRA A CÂMARA, PLEITEANDO RECEBER MAIS DE QUATORZE MIL REAIS CADA UM

.

Os vereadores Gil Marcelo Santos Queirós-BAGATINE, Adriano Souza da Costa, Gileno José Trozzi Calheira-GIL CALHEIRA, Elenilson da Silva Santos-CICYNHO e Ana Rita Rocha Souza-RITA LIDERANÇA, deram entrada na justiça em Gandu, solicitando cada um, pagamento de 13º. salário e férias, conforme discriminação abaixo:
13º. Salário referente ao ano de 2017 – R$ 6.012,70
13º. Salário referente ao ano de 2018 – R$ 6.012,70
1/3 Férias referentes aos anos 2017 e 2018 – R$ 2.004,23
TOTAL…………………….R$ 14.029,63
O valor acima, é o que cada um vereador terá direito, tanto os que entraram na justiça, quanto os que não entraram, serão beneficiados do mesmo jeito.
O presidente da Casa Legislativa vereador Uziel Barreto, foi notificado para a audiência de Conciliação, Instrução e Julgamento, para o dia 28 de agosto de 2019, às 8,30 horas, na sala de audiências do Fórum Desembargador Pedro Ribeiro, nesta cidade.
Serão pagos aos vereadores, mais de CENTO E OITENTA MIL REAIS, fora os compromissos patronais, devendo passar a despesa total a DUZENTOS MIL REAIS, o que impactará a folha de pagamento da Câmara, impedindo assim, a recontratação dos assessores prevista para o próximo ano. Cada vereador contrate seu assessor com o seu subsídio.
Certamente cada vereador, pelo valor que estão recebendo mensalmente, poderão pagar do seu próprio bolso, os seus assessores, pois o pagamento não previsto, acarretará compromissos para a Câmara, que serão irremediáveis e irreparáveis para com as despesas de pessoal.

.

Comentários estão fechados.