WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

AINDA PERSISTE O DESAFIO DE CONVIVER COM AS DIFERENÇAS – Pelo Prof. MAURÍCIO SANTANA

.

Dos primórdios da história da humanidade à contemporaneidade sempre houve guerra entre as variadas diferenças que sempre existiram no mundo. Sejam diferenças étnicas, de raça, cor, orientação sexual, ideologias, gostos, seja familiar, religiosa ou no âmbito profissional, atitudes e pensamentos antagônicos. Tudo isso sempre proporcionou conflitos.
Ainda persistem uma das problemáticas mais frequentes na sociedade que é aceitar o moderno ou aquilo que está fora dos padrões tidos como sociais. Diante disso a maioria das pessoas preferem viver uma vida “escondida”, perdendo de ser o que realmente são para não ferirem os “tais padrões sociais”.
Na verdade, não é segredo para ninguém que a nossa sociedade atravessa uma onda conservadora. O Brasil que um dia foi sinônimo de liberdade e acolhimento presencia hoje, diariamente, mais e mais patrulhas surgirem. Não se pode ter religião diferente, tampouco se questionar ou estimular o debate. Pior se produzir algo que vá contra da “moral e dos bons costumes”, ainda que isso seja definido como lei a ser cumprida. E, claro, não pode de maneira alguma ter uma orientação sexual distinta da predominante na sociedade vigente.
É lamentável constatar que, o preconceito sempre existiu, e ainda impera na sociedade contemporânea de maneira ainda voraz. No entanto, é preciso enfatizar que todo e qualquer indivíduo tem seu jeito e suas particularidades. Dessa forma, todos devem respeitar o estilo de vida, bem como as escolhas de cada um. Deve existir a compreensão da liberdade de expressão, desde que haja sempre o respeito. A partir disso será construída uma sociedade mais justa e igualitária, sem ofensas e rivalidades.

(Maurício Santana, Licenciado em História, Professor da rede Estadual e Privada de Ensino, Pós Graduado em História do Brasil, Gestão Educacional e Mestre em Educação)
.

Comentários estão fechados.