WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

APPLE JÁ GASTA MAIS DE US$ 6 BILHÕES PARA FAZER CONTEÚDOS ORIGINAIS

.

Não é segredo para ninguém que as empresas estão cada vez mais empenhadas na guerra de plataformas de serviços streaming. E a Apple, é claro, não ficou de fora dessa, com o Apple TV+ cada vez mais próximo do lançamento. Frente a isso, o Financial Times trouxe à tona um relatório sobre os investimentos da empresa sobre conteúdos originais para preencher sua plataforma, e chegou à conclusão que a Apple gastou mais de US$ 6 bilhões (o equivalente a R$ 24 bilhões) com a produção de séries e filmes.
A ideia, basicamente, é acompanhar as empresas que também têm se dedicado às suas plataformas streaming, como a Disney (que tem o Disney+) e a HBO (com o HBO GO). Ainda segundo o Financial Times, a proposta inicial da Maçã (divulgada em 2017) era gastar até US$ 1 bilhão (equivalente R$ 4 bilhões).
Nesta segunda (19), a empresa inclusive lançou o trailer do seu maior investimento direcionado à plataforma streaming: The Morning Show, uma comédia dramática protagonizada por Reese Witherspoon, Jennifer Aniston e Steve Carell. A série, baseada no livro Top of the Morning: Inside the Cutthroat World of Morning TV, de Brian Stelter, deve trazer à tona os principais segredos obscuros presentes nos bastidores de programas jornalísticos matinais, com Aniston e Witherspoon batalhando por um cargo de alto nível. O roteiro é de Kerry Ehrin, de Bates Motel.

O portal norte-americano aponta que a empresa gastou centenas de milhões de dólares apenas nesta série, o que equivale a um preço mais alto por episódio do que a principal atração da HBO, Game of Thrones, que teria custado US $ 15 milhões (R$ 60 milhões) para cada episódio de sua temporada final. Outro grande investimento da Apple para a sua nova plataforma de streaming é a série dramática Veja (See), estrelado por Jason Momoa, que teria um orçamento de US$ 15 milhões por episódio.
Vale ressaltar que o orçamento de US$ 6 bilhões da Apple está ainda bem abaixo do gasto esperado de US$ 15 bilhões (R$ 60 bilhões) da Netflix para o ano de 2019. Além disso, enquanto o Disney+ está previsto para ser lançado em 12 de novembro, o Apple TV+ deve aparecer “em algum momento nos próximos dois meses”, de acordo com o portal norte-americano. (Fonte: Canaltech)

.

Comentários estão fechados.