WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

E ONDE ENTRA O PROPÓSITO? – Pela Admª. TAIS GASPAR

.

Hoje em dia, felizmente, o propósito quando conhecemos voltou a moda nas organizações. A vontade maior de realizar ou conquistar algo está de volta, e aí isso é tremendamente promissor. Afinal, é consenso entre diversos especialistas, que as novas gerações se distinguem cada vez mais das anteriores o buscarem fazer aquilo que realmente gostam. Gostam de arriscar por aquilo que as movem de fato, de acordo com a máxima de que “dinheiro é apenas consequência”.
Aqui, vamos refletir sobre propósito no seu âmbito mais prático. E você verá que, por mais que pareça uma discussão um pouco abstrata, é uma reflexão fundamental para qualquer atividade com a qual você venha se envolver.
Ter um propósito claro na vida é saber onde se quer chegar e, sobretudo, dispor da energia necessária para enfrentar o caminho, que com certeza não será fácil.
Não existe uma fórmula definitiva. Afinal, ele é o seu propósito. É uma questão muito íntima e subjetiva, qual a qual cada um tem o seu próprio jeito de lidar. Às vezes o propósito pode surgir por eliminação, após nos envolvermos Em uma série de atividades, enfim descobrimos o que realmente nos faz sentido; as vezes o propósito pode surgir por inspiração de alguém que você admira; e as vezes já temos a certeza desde pequenos de qual é o nosso propósito.
De toda forma, O fato aqui propósito não é identificado sem que façamos, em certo momento de nossas vidas, algumas perguntas incômodas a nós mesmos, Por exemplo: qual é o sentido de viver para trabalhar? Qual é o propósito de dedicar pelo menos 1/3, as vezes mais, da minha vida atividades que não me fazem bem? E talvez, a mais temida de todas: sou feliz com o que faço?
“O meu propósito é o dinheiro “, você pode responder. Claro, esse é um propósito mais do que legítimo. Porém, refazemos a pergunta: qual é o propósito de ir em busca desse dinheiro? “conforto”, “casa própria”, “viagens”, educação de qualidade para os meus filhos “, etc. Mas, e desculpe pela insistência, para que tudo isso?
Qual a direção e qual o sentido da sua existência e do seu negócio? Como você está se sentindo durante o seu caminho?
Você tem seguido a melhor rota?
As perguntas são mesmo desconcertantes, mas as respostas podem te ajudar a ter muito mais clareza tanto na vida, quanto no momento de se posicionar diante dos seus clientes.
É somente ao descobrir o seu propósito, que você poderá realmente oferecer algo ao mercado, diferenciando-se daqueles que apenas querem alguma coisa dele.
O exercício para hoje é: defina os seus “porquês”… O que faz sentido para sua vida? Para o seu negócio? De forma clara, simples e objetiva, concentre sua energia em responder “O que te faz levantar todos os dias pela manhã?”
Gostou deste artigo? Curta, Compartilha com os amigos!!!
Quer saber mais sobre como se desenvolver, me chama no Whats!!!
Até mais!

(Tais F. Gaspar de Araújo – Master Coach, Consultora e Treinadora Empreenda Consultoria)
.

Comentários estão fechados.