WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

VEREADORES ADRIANO COSTA E IRMÃ DULCE (AMBOS EVANGÉLICOS, AFINAL, NEM TODOS QUE DIZEM SENHOR, SENHOR, ENTRARÁ NO REINO DOS CÉUS, MAS SIM O QUE FAZ A VONTADE DO MEU PAI…) , NÃO RESPONDERAM AO BLOGDOZEBRAO QUAIS SUAS POSIÇÕES COM RELAÇÃO ÀS CONTAS DO EX-PREFEITO DJALMA GALVÃO

.

CICYNHO, RITA, GENIVAN, JUNIOR MATOS, BOZÓ, GIL CALHEIRA E BAGATINE.

PARA REFLEXÃO DOS DOIS VEREADORES QUE SE DIZEM EVANGÉLICOS
6 – Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos Céus, mas sim o que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse entrará no Reino dos Céus. Muitos me dirão, naquele dia: Senhor, Senhor, não é assim que profetizamos em teu nome, e em teu nome expelimos os demônios, e em teu nome obramos muitos prodígios? E eu então lhes direi, em voz bem inteligível: Pois eu nunca vos conheci; APARTAI-VOS DE MIM, OS QUE OBRAIS A INIQÜIDADE. (Mateus, VII: 21-23).
7 – Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras, e as observa, será comparado ao homem sábio, que edificou a sua casa sobre a rocha. E veio a chuva, e transbordaram os rios, e assopraram os ventos, e combateram aquela casa, e ela não caiu, porque estava fundada sobre a rocha. E TODO O QUE OUVE ESTAS MINHAS PALAVRAS, E NÃO AS OBSERVA, SERÁ COMPARADO AO HOMEM INSENSATO, QUE EDIFICOU A SUA CASA SOBRE A AREIA. E VEIO A CHUVA, E TRANSBORDARAM OS RIOS, E ASSOPRARAM OS VENTOS, E COMBATERAM AQUELA CASA, E ELA CAIU, E FOI GRANDE A SUA RUÍNA. (Mateus, VII: 24-27 e semelhante em Lucas, VI: 46-49).
8 – AQUELE, POIS, QUE QUEBRAR UM DESTES MÍNIMOS MANDAMENTOS, E QUE ASSIM ENSINAR AOS HOMENS, SERÁ CHAMADO MUI PEQUENO NO REINO DOS CÉUS; mas o que os guardar, e ensinar a guardá-los, esse será reputado grande no Reino dos Céus. (Mateus, V: 19).
9 – Todos os que confessam a missão de Jesus, dizem: SENHOR, SENHOR! MAS DE QUE VALE CHAMÁ-LO MESTRE OU SENHOR, QUANDO NÃO SE SEGUEM OS SEUS PRECEITOS? São cristãos esses que o honram através de atos exteriores de devoção, e ao mesmo tempo sacrificam no altar do egoísmo, do orgulho, da cupidez e de todas as suas paixões? SÃO SEUS DISCÍPULOS ESSES QUE PASSAM OS DIAS A REZAR, E NÃO SE TORNAM MELHORES, NEM MAIS CARIDOSOS, NEM MAIS INDULGENTES PARA COM OS SEUS SEMELHANTES? Não, porque, à semelhança dos fariseus, têm a prece nos lábios e não no coração. Servindo-se apenas das formas, podem impor-se aos homens, mas não a Deus. É em vão que dirão a Jesus: “Senhor, nós profetizamos, ou seja, ensinamos em vosso nome; expulsamos os demônios em vosso nome; comemos e bebemos convosco!” Ele lhes responderá: “Não sei quem sois. Retirai-vos de mim, vós que cometeis iniqüidade, que desmentis as vossas palavras pelas ações, que caluniais o próximo, que espoliais as viúvas e cometeis adultério! Retirai-vos de mim, vós, cujo coração destila ódio e fel, vós que derramais o sangue de vossos irmãos em meu nome, que fazeis correrem as lágrimas em vez de secá-las! PARA VÓS, HAVERÁ CHORO E RANGER DE DENTES, POIS O REINO DE DEUS É PARA OS QUE SÃO MANSOS, HUMILDES E CARIDOSOS. NÃO ESPEREIS DOBRAR A JUSTIÇA DO SENHOR PELA MULTIPLICIDADE DE VOSSAS PALAVRAS E DE VOSSAS GENUFLEXÕES. A ÚNICA VIA QUE ESTÁ ABERTA, PARA ALCANÇARDES A GRAÇA EM SUA PRESENÇA, É A DA PRÁTICA SINCERA DA LEI DO AMOR E DA CARIDADE.”
As palavras de Jesus são eternas, porque são as verdades. Não são somente as salvaguardas da vida celeste, mas também o penhor da paz, da tranqüilidade e da estabilidade do homem entre as coisas da vida terrena. Eis porque todas as instruções humanas, políticas, sociais e religiosas, que se apoiarem nas suas palavras, serão estáveis como a casa construída sobre a pedra. Os homens as conservarão, porque nelas encontrarão a sua felicidade. MAS AQUELAS QUE SE APOIAREM NA SUA VIOLAÇÃO, SERÃO COMO A CASA CONSTRUÍDA SOBRE A AREIA: O VENTO DAS REVOLUÇÕES E O RIO DO PROGRESSO AS LEVARÃO DE ROLDÃO.
O BLOGDOZEBRAO CONTINUA AGUARDANDO RESPOSTA DOS VEREADORES ADRIANO COSTA E DE IRMÃ DULCE.

CONHEÇA OS JUDAS ISCARIOTES DO SÉCULO XXXI

OS VEREADORES ABAIXO NÃO MERECEM MAIS O SEU VOTO

VEREADORES CRÁPULAS, COVARDES E SEM CARÁTER


.

Comentários estão fechados.