WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

DADOS DE CONTATO ROUBADOS DO FACEBOOK SÃO NOVAMENTE ENCONTRADOS NA INTERNET

.

Mais uma vez, o Facebook é o pivô de um novo escândalo de privacidade: agora, foram milhões de números de telefone roubados da base de dados da rede social e foram encontrados em um repositório online.
O vazamento foi revelado pelo site TechCrunch no início da semana, e teoricamente o local onde estas informações estavam expostas já teria sido apagado, mas o CNET descobriu que todas essas informações foram transferidas para um outro diretório online, que pode ser acessado por qualquer pessoa.
O vazamento, que afetou mais de 200 milhões de usuários dos Estados Unidos, Reino Unido e Vietnã, contém não apenas o contato telefônico dos usuários, mas faz a ligação desses telefones a outras informações pessoais, como nome completo, endereço e outros dados disponíveis no perfil da rede social.
Segundo o especialista em segurança Elliott Murray, essas informações foram obtidas através de uma vulnerabilidade na função que permite encontrar o perfil de alguém no Facebook pelo seu número de telefone, mas ainda não se sabe exatamente qual vulnerabilidade foi utilizada para este feito.
Esses dados eram então transferidos para um servidor fora do Facebook, mas, quando a primeira reportagem revelou a existência dele, o servidor onde os dados se encontravam foi tirado do ar, só que logo foi possível encontrá-lo em outro repositório online sem nenhum tipo de exigência de senha para que se acesse esses conteúdos.
De acordo com Murray, é praticamente certeza que que as informações encontradas neste novo servidor são as mesmas do vazamento que ocorreu no início da semana, mas ninguém revelou como esse novo diretório foi encontrado ou quem são os donos desses servidores onde essas informações extraídas do Facebook estão sendo guardadas.
Até o momento, o Facebook não confirmou se o novo achado são os mesmos dados vazados no início da semana, e nem qual é o plano da empresa para evitar que essas informações sejam distribuídas. (Fonte: Canaltech)

.

Comentários estão fechados.