WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO-MPE, PEDE BLOQUEIO DE ATÉ R$ 2 MILHÕES DA EX-PREFEITA TÂNIA BRITO e NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA, BLOGDOZEBRAO VAI PUBLICAR DADOS COLETADOS JUNTOS AO TCM SOBRE GASTOS NA PREFEITURA DE GANDU

.

Uma ação civil pública contra a ex-prefeita Tânia Diniz Correia Leite de Brito, de Jequié, no Centro-Sul Baiano, foi ajuizada pelo Ministério Público do Estado (MPE), por causa de irregularidades nos repasses ao Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié (Iprej).
Os promotores de Justiça Rafael de Castro Matias e Saulo Rezende Moreira, autores da ação, pedem que a Justiça decrete a indisponibilidade de bens de Tânia Diniz até o limite mínimo de cerca de R$ 2 milhões, equivalente ao dano sofrido pelo erário.
Além disso, o MP requer como pedido final que a Justiça condene a acionada pela prática de ato de improbidade administrativa previsto no artigo 10 da Lei 8.429/92, determinando à ex-prefeita o ressarcimento integral do dano e perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, pelo prazo de cinco anos.
“A ex-prefeita violou princípios basilares da administração pública e causou grave prejuízo ao erário, na medida em que deixou de realizar repasses das contribuições previdenciárias do Município de Jequié e do Fundo Municipal de Saúde ao Iprej, tornando inviável o pagamento dos benefícios previdenciários aos segurados e seus dependentes”, afirmaram os promotores de Justiça. (Fonte: BNews)
NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA, BLOGDOZEBRAO VAI PUBLICAR DADOS COLETADOS JUNTOS AO TCM SOBRE GASTOS NA PREFEITURA DE GANDU

.

Comentários estão fechados.