WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

VIGILÂNCIA E NUSAT DEFINEM AÇÕES DE ENFRENTAMENTO DAS CONSEQUÊNCIAS DO ÓLEO NAS PRAIAS DE ILHÉUS

.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), através da Vigilância em Saúde e do Núcleo de Saúde do Trabalhador (Nusat), se reuniram esta semana com a finalidade de definir ações concretas de enfrentamento às consequências do derramamento de óleo no litoral do Nordeste.
Na oportunidade, foi elaborada Nota Técnica Nº 01/2019 – Visau/Sesau, que visa orientar os profissionais da Rede Municipal de Atenção Integral à Saúde de Ilhéus, quanto ao manejo adequado dos casos expostos aos resíduos e contaminantes do petróleo cru que atingiu a costa ilheense.
Foi criado material informativo para os profissionais de saúde que realizam o atendimento diário das vítimas por intoxicação do óleo, e para aqueles trabalhadores mais expostos, como pescadores e marisqueiras, agentes de limpeza pública, vendedores ambulantes, salva-vidas, bombeiros e militares envolvidos.
Proteção – Ademais, foram feitas recomendações importantes a respeito dos tipos de Equipamento de Proteção Individual (EPIs), com as devidas especificações. Os equipamentos devem ser utilizados tanto pelos trabalhadores das diversas categorias citadas como por voluntários envolvidos na limpeza das praias de Ilhéus.
Quézia Santana, sanitarista do Núcleo de Saúde do Trabalhador, frisou que o momento exige coesão dos diversos setores da Secretaria de Saúde e não apenas. “O intuito principal é elaborar um planejamento conjunto, capaz de atender, de forma oportuna e eficaz, as demandas provenientes desse desastre ambiental”. (Fonte: SECOM/PMIlhéus)

.

Comentários estão fechados.