WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

O ESPÍRITO DAS LEIS – Pela Profa. GARDÊNIA ROSEIRA

.

As instituições judiciais impulsionaram a agenda “anticorrupção” no Brasil na última década. No entanto, pouco se sabe sobre a corrupção no interior do Poder Judiciário. Será que chegou o dia D?
Demorando vinte anos para escrever uma obra intitulada “O Espírito das Leis”, Montesquieu, expôs suas ideias que preconizavam a existência e aplicação da lei de maneira uniforme e comum a todas as pessoas, independentemente de quaisquer questões. Pena que ele não conheceu o Estado “Democrático” brasileiro. Seria uma verdadeira piada de mau gosto.
O Poder Judiciário no imaginário da humanidade se confunde com JUSTIÇA, no decorrer da história “juízes” eram a extensão da Justiça divina, toda a construção cultural da humanidade faz com que sejam considerados acima do bem e do mal, porque são aqueles que trarão a JUSTIÇA e, portanto, em alguma medida, a paz social.
No Brasil a questão da corrupção desaguou em nossas praias com a chegada da família real, de modo que os hábitos de servilismo, tráfico de influência, nepotismo e cumplicidade entre os poderes, consequentemente, desbordaram na corrupção e foram arraigados no jeitinho brasileiro, perdurando até nossos dias.
Será que o judiciário brasileiro colocaria a culpa da corrupção nos NAVEGADORES PORTUGUESES???? Rsrs.

(Gardenia Roseira – Mestre em Educação – Licenciada em Sociologia e História – Pós-graduada em Sociologia, História e Ensino Superior)
.

Comentários estão fechados.