WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

O TRÂNSITO EM GANDU – Pelo Dr. MARCOS NETO

.

A exemplo de outras cidades, podemos notar que de um tempo pra cá, em horários de “pico”, está impraticável circular de carro pelas ruas de Gandu, e outros horários também, especialmente nas ruas do centro. Nossa cidade já é relativamente antiga com ruas apertadas, projetadas em outra época onde os poucos veículos automotores disputavam espaços com outros de tração animal e montarias. Com o crescimento da população e o exponencial crescimento do número de veículos, chegamos à situação atual onde não temos vagas de estacionando em número suficiente, pouco espaço de circulação e piorando tudo, podemos notar a falta de perícia e educação de motoristas e motociclistas, muitos sem as noções mais básicas de condução e outros sem habilitação. Os pedestres, que espremidos em calçadas estreitas, também não contribuem, ajudam a bagunçar tudo ainda mais. Acidentes tem se tornado frequentes, infelizmente.
Precisamos reconhecer que o problema é de difícil solução, mas medidas simples poderiam ser implantadas, sugeridas e estimuladas como zona azul de estacionamento, onde se cobraria um pequeno valor para se parar na rua, facilitar estimular o uso de bicicletas, que será o principal modo de deslocamento urbano nos próximos anos, e educação para o trânsito nas escolas das redes públicas e particulares.
A implantação dessas medidas ajudaria, mas seria ainda insuficiente, pois depende muito das atitudes individuais, talvez devêssemos andar mais, deixar o carro na garagem, isso ajudaria nossa saúde ao nos movimentarmos mais e à diminuição da poluição atmosférica. Não consigo ser otimista nessa questão, ainda vai piorar muito.

(Dr. Marcos Neto é Engenheiro Agrônomo)
.

Comentários estão fechados.