WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

A DOCÊNCIA NO SÉCULO XXI – Pela Profa. GARDÊNIA ROSEIRA

.

O professor é fundamental para a sociedade e exerce um trabalho importante, nobre, gratificante e de muita responsabilidade. Mas, não, obrigado, não queremos ir para a sala de aula. É isso que diz a maior parte dos jovens brasileiros hoje. O trabalho é mal remunerado e o docente é confrontado pelos alunos, esquecido pelo governo e desvalorizado pela sociedade.
No nosso país, há ainda mais uma característica de destaque: quanto maior o grau de instrução dos pais, menor o interesse dos filhos pela carreira docente.
No nosso trabalho, partimos de algumas linhas-mestras. Por exemplo, prestígio está relacionado à vontade de estudantes secundários a querer seguir determinada carreira. O prestígio também tem a ver com salários competitivos, comparáveis a outras profissões.
Além disso, há o prestígio dos próprios programas de ensino superior, a constatação sobre sua qualidade se são seletivos e rigorosos.
Tudo isso são fatores que indicam o prestígio de determinada profissão. Não há uma medição perfeita, mas sim alguns dados indicativos. É indiscutível, que a profissão de professor está muito em baixa.

(Gardenia Roseira – Mestre em Educação – Licenciada em Sociologia e História – Pós-graduada em Sociologia, História e Ensino Superior)
.

Comentários estão fechados.