WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

NOS ÚLTIMOS VINTE ANOS, PREFEITO DE CREDIBILIDADE EM ITAMARI SOMENTE ZINHO RIBEIRO. QUE TRISTEZA ITAMARI…

.

Todos são unânimes em afirmar: prefeito de credibilidade, direito, honesto, boa paga, nos últimos vinte anos em Itamari, somente Zinho Ribeiro. O resto meteu os pés pelas mãos, pois passou no mar de lama que é uma prefeitura, sequer sujou o solado dos seus pés. Homem com H maiúsculo, deve ter repassado aos seus filhos, como administrar sem roubar. Como administrar respeitando o dinheiro do povo. Infelizmente as últimas administrações, foram um verdadeiro fiasco, uma decepção total. Ksulo, Nego, Miquinha… Ksulo de novo, pois quem manda é ele, ela só faz assinar. É por isso que ele vai escolher um parente para a sua sucessão, para poder continuar com as senhas das contas da prefeitura, ficar por trás das licitações. Jamais escolheria um Lourival dos Santos, o empresário Louro, que também é um home honesto, e quem é honesto, não tem valor para o prefeito Ksulo, tem que ser igual ou pior que ele.
O ex-prefeito ERIVALDO ANDRADE SILVA, vulgo Miquinha, continua nos devendo pelos serviços prestados quando era prefeito de Itamari. Ultimamente fomos procurados por um preposto dele, que ele queria liquidar o débito conosco, pois queria ser candidato à prefeito. Pelo zapp mantivemos contato. Do débito inicial de 31 de dezembro de 2016, no valor de R$ 3.600,00 (TRÊS MIL E SEISCENTOS REAIS), aproveitando a semana da Black Friday, fizemos também a nossa promoção: DOIS MIL REAIS, com pagamento em duas vezes, imediatamente metade e a outra metade com 30 dias. Cobrando menos da metade do débito, se levarmos em conta juros etc… contra-proposta do velhaco: DOIS MIL REAIS, uma parcela em 05 de janeiro e a outra em 05 de fevereiro, alegando que PERDI POLÍTICA… FIQUEI DEVENDO… e como quer ser candidato de novo? Não paga o que deve, diz que não tem dinheiro, que o irmão vai bancar a sua campanha, o irmão não de ser burro, tanto é assim que é bem de vida financeiramente, graças a Deus, para entrar em uma barca furada, é só mandar fazer uma pesquisa na cidade e vai chegar à conclusão, que Miquinha não ganha nem para vereador. Ele teve as contas rejeitadas, mas fez o pedido de RECONSIDERAÇÃO que foi aceito pelo TCM, que o multou em R$ 5.000,00. Será que ele pagou a multa, ou alegou ao Tribunal que PERDEU A POLÍTICA… FICOU DEVENDO… já afirmamos que Miquinha e VALTER ANDRADE DA SILVA JÚNIOR, que o TCM NÃO RECONSIDEROU e confirmou a REJEIÇÃO, só servem como cabo eleitoral, sem subir no palanque. Vejamos, o que diz a DELIBERAÇÃO DE IMPUTAÇÃO DE DÉBITO DO PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO, abaixo transcrito:
Considerando as IRREGULARIDADES praticadas pelos Srs. VALTER ANDRADE DA SILVA JUNIOR (01.01.2016 – 06.07.2016) e ERIVALDO ANDRADE SILVA (07.07.2016 – 31.12.2016), Gestores da Prefeitura Municipal de Itamari, durante o exercício financeiro de 2016, todas elas devidamente registradas no processo de prestação de contas E-TCM nº 07563e17 sem que, contudo, tivessem sido satisfatoriamente justificadas; Considerando que as ditas irregularidades atentam, contra a norma legal e contrariam os mais elementares princípios de natureza contábil, financeira, orçamentária e patrimonial; Considerando a competência constitucional, no particular, dos Tribunais de Contas, e, em especial, do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, nos termos do artigo 71 e incisos, combinado com a alínea “d”, do inciso III, do art. 76, da Lei Complementar nº 06/91; RESOLVE, imputar ao Sr. VALTER ANDRADE DA SILVA JUNIOR, nos termos do art. 71, inciso II combinado com o art. 76, incisos III e III, alínea “d” da mencionada Lei Complementar nº 06/91, a penalidade de multa no valor de R$15.000,00 (QUINZE MIL REAIS), sobretudo em razão dos demais questionamentos. Aplicar ao Sr. ERIVALDO ANDRADE SILVA, de conformidade com o art. 71, incisos II, III e VIII combinado com o art. 76, inciso III, alíneas “b”, “c” e “d” da mencionada Lei Complementar nº 06/91, penalidade de multa no valor de R$5.000,00 (cinco mil reais), devido às demais irregularidades. (Texto: Zebrão)

.

Comentários estão fechados.