WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

LÍDER DO PREFEITO NA CÂMARA AGRIDE TRAIÇOEIRAMENTE O PRESIDENTE DA CASA

.

O vereador Fábio de Raquel, líder do prefeito na Câmara de Vereadores, deu mais uma prova, que o mandato e o cargo, subiram-lhe a cabeça. Do rapaz simples e humilde, transformou-se em um ser antipático, nojento, prepotente, arrogante, parecendo que está com o REI na barriga. Onde chega garante que vai ter mais de 1.500 votos, passando a humilhar a todos os seus colegas. O pior é que já se acha o futuro presidente da Casa.
A semana passada, denunciamos que ele está invadindo redutos dos seus colegas, ele quer tudo para ele, insaciável… comanda a secretaria de saúde, comanda a secretaria de Ação Social, colocando nos postos chaves das secretarias, seus futuros cabos eleitorais. Todos passarão a trabalhar ou já estão trabalhando o seu nome. Tem condições de trabalho dados pelo prefeito que nenhum outro vereador possui, nem a metade do que Fábio recebe, o prefeito acha que vereador da sua base é Fábio, os outros que o sigam… SIGAM O LÍDER como ele garbosamente diz…
Na sessão da última segunda-feira na Câmara de Vereadores, foram colocadas em pauta, várias denominações de logradouros e prédios públicos. O presidente Uziel Barreto, colocou em votação os pareceres em 1ª. votação e teria uma sessão extraordinária para votação dos projetos em primeira votação, colocando em discussão alguns deles. Dentro da pauta o processo 326, que tratava do projeto de lei Nº. 038, no qual o vereador Fábio de Raquel, denominava a UPA que seria construída no bairro João Batista Assis, com o nome de uma determinada pessoa. O vereador Bozó, provando que conhece mais os fatos que o seu colega, adiantou que no local não seria mais construída a UPA e sim teria outra destinação, e por isso mesmo iria se abster de votar. O presidente Uziel concordou com o vereador Bozó, retirando de pauta o projeto, o que fez acertadamente (opinião do blog, seria o mesmo que alguém fosse ao cartório registrar o nascimento de uma criança, sem ela ter nascido ainda). Logo a seguir, outro processo de autoria do mesmo vereador Fábio, Nº. 039, dando denominação ao Posto de Saúde na região do Braço do Norte, Fazenda Canaã, que também não está concluído, logo, não poderia ser batizado (ainda está em gestação e não se registra e nem se batiza, o que não nasceu), certamente o vereador não sabe, normal para quem tem pouco conhecimento das leis como ele. E tem mais um agravante, a indicação para construção do prédio do Posto de Saúde, foi do vereador Uziel Barreto, ele na sua ânsia de mostrar serviço, de não respeitar nenhum colega, pois acha que pode tudo, mete os pés pelas mãos e quer indicar o nome, para dividir os loiros da vitória com o seu colega. Ele quer tudo para ele. Tanto é assim, que ficamos sabendo, que existe outro projeto, anterior ao do vereador, que denominava o prédio de D. Lourdes, moradora do local, mas que estava a aguardar a conclusão da obra para ser apreciado pelas Comissões. Na nossa opinião, o maior erro, foi da própria comissão, pois deveria ter ido “in loco” verificar se a obra estava concluída e não aprovar de maneira açodada os projetos que chegam para apreciação. De agora em diante, os responsáveis pela Comissão, sejam mais responsáveis. Cumpram com as suas obrigações e seus deveres. O presidente então colocou em votação as outras matérias, concluindo assim os trabalhos da sessão ordinária. Então foi dado um intervalo de 10 minutos para votar os projetos da sessão extraordinária, lógico, claro e evidente, sem os dois projetos do vereador apressado, aquele que quer batizar sem que esteja concretizada obra. Apressado come cru… que foram retirados de pauta. Segundo um vereador presente, o presidente dirigiu-se à cozinha da Casa, sendo acompanhado do vereador Fábio que gritava a toda hora e instante: FOI PARA ISSO QUE EU VOTEI EM VOCÊ PRESIDENTE… FOI PARA ISSO QUE EU VOTEI EM VOCÊ PRESIDENTE… ao entrar na cozinha, segundo esse mesmo vereador, ele viu quando Fábio por trás, desferiu um soco na altura da orelha do colega Uziel, inclusive derrubando o seu óculos e o murro traiçoeiro, ainda atingiu a funcionária Leila Lopes. Uziel virou-se rapidamente e conseguiu desferir DE FRENTE, um soco no vereador Fábio, quando já chegavam alguns vereadores, inclusive o que narrou o episódio e seguram Fábio que era o mais exaltado. Ressaltaram a tranqüilidade do vereador Uziel. (Texto: Zebrão. Colaboração de um vereador da situação)
OUÇAM O ÁUDIO DAS PAUTAS 38 e 39.

.

Comentários estão fechados.