WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

EMPATIA PODE MUDAR O MUNDO – Pela Profa. GARDÊNIA ROSEIRA

.

Amor. Compreensão. Tolerância. Cuidado. Compaixão. São requisitos imprescindíveis para que haja empatia, em um mundo no qual as pessoas se fazem de cegas e surdas. Fala-se nesse ponto de vista da Cegueira branca, apresentada por José Saramago. Para contrapor a invisibilidade de muitos cidadãos, faz-se necessário desenvolver a capacidade de ser mais solidário para com o próximo, dando condição para a sociedade se tornar mais empática.
A empatia é a arte de se colocar no lugar do outro por meio da imaginação, compreendendo seus sentimentos, perspectivas e usando essa compreensão para guiar as próprias ações. Segundo John Donne, nenhum homem é uma ilha, sendo cada indivíduo um pedaço do continente, uma parte do todo. Por isso, para que o mundo progrida nenhuma parte pode ser deixada de lado, já que a ação de 1 ser humano pode implicar na vida de muitos que estão ao seu redor.
Se é possível fazer do mundo um lugar melhor, por que fazer o contrário? A empatia pode mudar o mundo. Quanto mais é praticada, mais surte efeitos positivos para quem pratica e para quem recebe um pouco desse amor, dessa compreensão. Como diria Arnaldo Jabor, o verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar
(Professora Gardenia Roseira – Mestre em Educação – Licenciada em Sociologia e História – Pós-graduada em Sociologia, História e Ensino Superior)

.

Comentários estão fechados.