WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

INTEL REVELA LAPTOP DE 17 POLEGADAS COM TELA DOBRÁVEL

.

A Intel, uma das maiores fabricantes de processadores e semicondutores do mundo, revelou durante a Consumer Electronics Show (CES) 2020 um novo modelo de laptop que incorpora conceitos tecnológicos recentes, bem como a sua próxima geração de chipsets. Chamado de Horseshoe Bend, o computador tem um display totalmente dobrável de pouco mais de 17 polegadas e processador Intel Tiger Lake.
Falando em uma entrevista exclusiva ao CNET, a Intel ainda não divulgou muitos detalhes sobre o novo dispositivo, mas já deixou claro que o modelo apresentado se trata, por enquanto, de um conceito. Em outras palavras, a empresa não divulgou configurações nem previsão de quando o Horseshoe Bend chegará ao varejo.
O primeiro detalhe, que evidentemente mais salta aos olhos, é o display dobrável. O Horseshoe Bend bebe da fonte de aparelhos como o Galaxy Fold, da Samsung; e do Mate X, da Huawei, entre outros modelos, para criar um dispositivo diferenciado. Visualmente, o aparelho é impressionante, podendo ser “apreciado” de forma totalmente desdobrada, o que o deixa com um aspecto de um tablet gigante; ou com a dobra, que o deixa em formato de concha, reduzindo o tamanho de exibição do display, mas aumentando a área de interação com o usuário.
No que tange a acessórios, um teclado externo pode ser acoplado ao aparelho quando este estiver com a tela dobrada, já que aqui o Horseshoe Bend se apresenta como um laptop com 12 polegadas de display. Além disso, há um modo de visualização 4:3 que o torna compatível com uma caneta.
A participação do Tiger Lake aqui se faz notável, também: segundo rumores, a próxima geração de processadores da Intel deve chegar em algum momento de 2020 trará capacidades de aceleração gráfica e inteligência artificial (IA), mas a Intel não deu detalhes de como ele funciona especificamente para o Horseshoe Bend.
A grosso modo, a Intel espera começar a trabalhar o Horseshoe Bend no varejo em algum momento de 2021, quando o processador Tiger Lake estiver mais assentado no mercado. Isso vai depender também da aceitação dos fabricantes de computadores pessoais, que precisarão aceitar a chegada do protótipo para trabalharem seus sistemas.

(Fonte: Canaltech)
.

Comentários estão fechados.