WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

CIDADE TRICOLOR É INAUGURADA COM FESTA EM DIAS D´ÁVILA. ASSISTA O VÍDEO

.

Uma grande mobilização marcou a inauguração do novo centro de treinamento do Bahia, em Dias D´Ávila, na manhã do último sábado (11). Além de milhares de torcedores, o ato virou uma atração de políticos. A nova sede do Bahia é o maior Centro de Treinamento (CT) do Norte-Nordeste. O torcedor que foi até a nova estrutura contou com uma visita guiada pelas instalações que os jogadores vem utilizando desde o último domingo (5).
Homenageado com o novo do centro, Evaristo de Macedo, técnico campeão com o Bahia no Campeonato Brasileiro de 1988, plantou uma árvore no local. “Uma belíssima homenagem, algo incrível. Com certeza, um dos momentos mais memoráveis da minha trajetória no futebol” disse.
A área construída é o dobro do tamanho do CT do rival, Vitória. Inclui apartamentos duplos e individuais, com 52 vagas; hotelaria 4 estrelas; salão de jogos, parque infantil, campo funcional, entre outros.
EVARISTO LEMBRA CAMPEÕES DE 88 EM INAUGURAÇÃO DO CT: “SE SOU ALGUMA COISA, DEVO A ELES”

Um das maiores lendas do futebol baiano, o ex-jogador e técnico campeão brasileiro pelo Bahia, Evaristo de Macêdo fez um discurso emocionante no último sábado (11), durante inauguração da Cidade Tricolor, em Dias d’Ávila, que foi batizado em seu nome.
Ao lado de alguns dos atletas que conquistaram possivelmente o maior título de toda a história do Esquadrão, como João Marcelo e Zé Carlos, Evaristo pregou humildade em sua fala: “Se sou alguma coisa, devo a eles”.
Em tempos onde treinadores ganham salários milionários, o ex-jogador que foi ídolo nos rivais Real Madrid e Barcelona -um dos primeiros brasileiros a fazer sucesso jogando no exterior – lembrou que são os atletas os principais responsáveis pelas conquistas.
“Preleção e treinamento ajudam a ganhar. Mas quem ganham são eles. Como eu ganhei quando fui jogador. Não fosse eles, nós não estaríamos aqui hoje”, disse Evaristo, que reforçou que a presença dos campeões brasileiros é uma “inspiração” para o atual elenco.
Evaristo ainda brincou, ao dizer que passou por Fazendinha e Fazendão (antigos centros de treinamento do clube), e que agora, aos 86 anos, “comprou” o novo CT, que leva o seu nome.
EM INAUGURAÇÃO DA CIDADE TRICOLOR, GUILHERME BELLINTANI COMEMORA CONQUISTA, MAS PREGA PÉS NO CHÃO

Apesar do momento de festa, durante a inauguração do novo Centro de Treinamento, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, destacou a necessidade de cautela para que o clube siga avançando. Em discurso realizado na manhã deste sábado (11), ele comemorou a conquista, mas pregou pés no chão. “Tem muito exemplo de clube que se achou demais e hoje está lá embaixo. A gente não vai cometer esse erro”.
Durante a cerimônia de abertura do espaço batizado com o nome do ídolo Evaristo de Macedo e que ficou conhecido como ‘Cidade Tricolor’, o cartola falou de manter equilíbrio das contas e relembrou o trabalho realizado antes da sua gestão. “Tínhamos uma dívida de cinco vezes o nosso faturamento. Hoje, é de uma”, declarou ao atribuir ao ex-presidente do Conselho Deliberativo do clube, Fernando Jorge.
No discurso, Bellintani antecipou que será realizada uma grande homenagem ao heptacampeonato baiano tricolor, conquistado entre os anos de 1973 e 1979, que completou 40 anos. O gestor ainda garantiu que recebe com bons olhos as críticas vindas do torcedor. “Não queremos palmas o tempo todo, precisamos de críticas”. (Fonte: BNews)

.

Comentários estão fechados.