WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

UM FILME, INCONTÁVEIS LIÇÕES – Pelo Prof. NELSON RIBEIRO (Itamari)

.

Minha filosofia de vida é que devemos estar sempre aproveitando oportunidades para evoluirmos como pessoa. A vida é muito curta para perdermos tempo com coisas que não somam em relação a nossa mudança pessoal.
Devemos nos perguntar sempre se o que estamos lendo, assistindo ou fazendo, contribui para nosso crescimento pessoal. Em relação a filmes utilizo sempre esse critério. Já que temos pouco tempo livre nesse mundo cheio de ocupações, devemos aproveitar o nosso tempo de lazer, com coisas que nos deixam ainda melhores como seres humanos.
Quais lições de vida levarei no final desse filme, leitura ou bate papo? Serei uma pessoa ainda melhor no final? O que isso irá acrescentar de positivo na minha personalidade ou forma de ver a vida.
Não irei contar detalhes em relação ao filme, apenas relatar as lições que tirei do mesmo.
O MILAGRE DA CELA 7 nos mostrou que o mundo dos adultos é muito cruel, que injustiças acontecem, e sofremos por isso, mas que jamais devemos perder as esperanças. Se olharmos o mundo com o olhar das crianças, iremos perdoar mais, amar mais e vivermos mais plenamente. O mundo é mágico se formos sensíveis para observarmos e valorizarmos as coisas simples da vida. Ser feliz não é ter muitas posses, ser feliz é saber amar o que temos, e cultivar o amor acima de tudo.
A maior deficiência não é a deficiência física, mas a deficiência de personalidade. Que os ditos normais são os que mais cometem abusos e atrocidades. O preconceito muitas vezes, nos impedem de enxergar o mundo e o outro com maior empatia e amor.
A verdadeira amizade é conquistada aos poucos com gestos e carinhos. Que as almas evoluídas jamais guardam ressentimentos de coisas do passado. Se não alcançamos este estágio de evolução é porque nos perdemos pelo meio do caminho, deixamos nossa alma de menino e nos contaminados com o mundo dos adultos.
Às vezes a única alternativa possível é fugir, não por nossas falhas, mas por causa dos outros. Temos que tomar a dura decisão de escolhermos viver ou morrer. E que precisamos viver, não apenas por nós mesmos, mas por aqueles que cultivamos. Que embora não pareça, existem pessoas boas, sem julgamentos, com menos preconceitos e justas. Que são por essas pessoas que tudo vale a pena. São por elas que vivemos, são por elas que nos sacrificamos e tomamos as decisões mais importantes em nossas vidas.
Olhar o mundo com menos preconceitos, prestar atenção às coisas belas da vida. Olhar o outro com mais atenção, carinho e respeito e perceber o que existe de mais belo em cada ser humano, independentemente de sua condição física é o que devemos estar sempre buscando.

(NELSON RIBEIRO FILHO, Mestrando em Educação, especialista, Professor das redes Estadual e Municipal de ensino e é o administrador do grupo TRIBUNA LIVRE DE ITAMARI. Também idealizador da Itamari Kakau’s)
.

Comentários estão fechados.