WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

GANDU AO LÉU-LALAU… NECOMIGO NÃO… DENÚNCIA… RESPIRADORES DOADOS PELO ESTADO PARA A UPA DE GANDU NÃO SERVEM PARA PACIENTES COM COVID-19

.

Divulgado pelo prefeito Leonardo Cardoso, como uma grande vitória do seu governo (mais um tiro no pé), no combate ao Coronavírus, os respiradores que serão utilizados na Unidade de Pronto Atendimento-UPA, do Hospital João Batista Assis, NÃO SERVEM para serem utilizados em leitos de UTI de COVID 19.
Mas o prefeito de Gandu, publicado por parte da imprensa local, afirmou que: OS RESPIRADORES SERVIRÃO PARA CASO SEJA NECESSÁRIO ESTABILIZAR OS PACIENTES COM SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE (SRAG) QUE APRESENTEM PIORA NO QUADRO DE SAÚDE E NECESSITEM DE TRANSFERÊNCIA DA UPA PARA UMA UNIDADE DE REFERÊNCIA CONTRA O CORONAVÍRUS. Apesar de dizer que, NO ENTANTO, NÃO HAVERÁ LEITOS DE UTI, mas sim, o serviço de triagem.
Então para que os DOIS RESPIRADORES?
O prefeito Leonardo disse ainda que, espera que ainda esta semana, a UPA esteja em funcionamento, em sua plenitude…
A eficiência foi colocada em dúvida pelo ex-secretário de Saúde de Itabuna Uildson e posteriormente confirmado pelo presidente do Hospital de Base, o Sr. Roberto Gama, que foi taxativo: “OS RESPIRADORES DE FATO NÃO SERVEM PARA SEREM UTILIZADOS EM LEITOS DE UTI DE COVID 19…”
O Laudo assinado pelo Engenheiro Clínico Pedro Eugênio, aponta cerca de oito irregularidade nos aparelhos respiradores: seleção de oxigênio não confiável, falta de sensibilidade, válvulas internas descalibradas, dentre outras inconsistências. “Um equipamento deste porte de extrema importância para o suporte a vida não pode ter as deficiências acima relatadas, pois qualquer uma delas pode comprometer a vida do paciente” relatou no Laudo Pedro Eugênio. A recomendação do laudo é que os equipamentos “não sejam colocado beira-leito para uso do paciente”.
A denúncia foi feita pelo blogdoseixas.com.br com uma pergunta: QUANTOS ÓBITOS JÁ FAZEM PARTE DAS ESTATÍSTICAS DO ESTADO EM FUNÇÃO DE UM EQUIPAMENTO INADEQUADO E TÃO IMPORTANTE PARA SALVAR VIDAS?
Os promotores públicos entraram em campo, tendo requisitado ao Hospital de Base, que apresente um laudo, comprovando que os respiradores doados pela SESAB, servem para utilização em outros leitos senão COVID 19.

.

Comentários estão fechados.