WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

A VIOLÊNCIA DO POVO BRASILEIRO – Pelo Prof. ANTONIO MOREIRA NETO-NETÃO

.

É um pouco estranho falar que o povo brasileiro é violento. A quarentena está deixando o professor Nettão maluco? Motivo de piada? Um país que vive da imagem do bom carnaval e das festividades maravilhosas. Um país que vive da imagem da mulata faceira e alegre e do malandro carioca. Vive da imagem de povo hospitaleiro e feliz.
Infelizmente agora também vivemos da imagem da corrupção, do povo sem educação, do tráfico de drogas, do povo sem respeito que não está preocupado com o vírus, e do presidente descontrolado.
Leandro Karnal em um de seus livros afirma: “O Brasil não tem terremotos ou furacões. Carecemos de tsunamis. O fundamentalismo religioso, aqui, é mais lembrado pela estética da saia e cabelos compridos que por genocídios. Mesmo não sendo um paraíso, todo brasileiro sabe que não vivemos no inferno. A Terra de Santa Cruz é um cálido purgatório”.
O próprio Karnal fala das nossas guerras civis como Cabanagem, Balaiada, Farroupilha e a sangrenta Canudos. A nossa luta pela democracia e o enfrentamento da ditadura, também não foram amistosos confrontos.
Ainda hoje vivemos uma violência digital de agressões pelo WhatsApp, uma divulgação de informações falsas. Existe agora uma política polarizada entre dois lados que não se respeitam. Geração de conflitos nas ruas, diálogos acalorados na imprensa e no jornal, homofobia e racismo.
O mundo afora assiste esse quadro brasileiro e se pergunta: O que acontece com o país do carnaval e da alegria?

(ANTÔNIO MOREIRA NETO – NETÃO, Licenciado em Física pela FACE e Engenheiro Agrônomo pela UFBA. Professor de Física e Química dos Colégios: Durval Libânio, Colégio Santo Antônio e Colégio Nobre)
.

Comentários estão fechados.