WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

AO FINAL DOS 30 MINUTOS DA PRORROGAÇÃO, ENFIM DRA. IRISMÁ ACEITA SER A VICE – Por Zebrão

.

O leitor do BLOGDOZEBRAO, aquele que nos acompanha diariamente, sabe que desde do início do ano, pregávamos o nome de Dra. Irismá ou do seu filho Dr. Eron, como candidatos a vice prefeito na chapa de Djalma Galvão.
Inclusive chegamos ao final de julho, a conversarmos por telefone se ela aceitaria ser candidata, ou o seu filho e ela peremptoriamente nos garantiu que de hipótese alguma aceitaria, narrando uma série de obstáculos, segundo ela, insuperáveis.
Ficamos tristes e também comentamos que se ela não fosse candidata a vice, nós iríamos cruzar os braços. Mesmo assim, tomamos a iniciativa em convidar dois pesos pesados da política de Gandu, ambos de famílias tradicionais, para que ocupassem o seu lugar, devidamente autorizado por ela e pelo candidato Djalma Galvão.
Ao final dos 30 minutos da prorrogação, ela acaba aceitando.
Então tudo resolvido Zebrão? Não… devido a indecisão que lhe é peculiar na política, comentamos em artigo anterior, quem não se lembra vamos reavivar a memória:

“A voz geral é que será Dra. Irismá, mas não é definitivo, pois a doutora é muito escorregadia quando o assunto é política, nada é DEFINITIVO quando o assunto é Dra. Irismá, quando o assunto é política, voltamos a repetir. Na nossa opinião, já deveria ter sido divulgado o nome do vice, que na maioria das vezes ajuda a alavancar o nome do cabeça de chapa. As visitas que são diariamente realizadas pelos pré-candidatos, principalmente da majoritária, a candidata ou o candidato a vice, deveria estar ao lado do seu companheiro. É prejuízo eleitoral que Djalma está pagando. Não se pode perder tempo, que muitas vezes fica irrecuperável. Tirar diferença sem ter o poder nas mãos, é complicado. Já estamos no dia 03 de setembro, faltam 13 dias para o encerramento das Convenções, serão 13 dias de prejuízo? A definição tem que ser logo. Qual o prejuízo para Dra. Irismá declarar que aceita ser vice de Djalma? Nenhum. Então, qual o motivo do seu silêncio? Política é sim, sim, não, não… ficar empurrando com a barriga um problema tão sério… está errado…”

Externamos nossa preocupação com o candidato Djalma e a indecisão da Dra. Irismá.
Ao apagar das luzes, ela aparece querendo ser salvadora da pátria, depois que praticamente a “vaca foi para o brejo…” perguntamos aos nossos leitores, quantas famílias mudaram de lado nos últimos dias? Dezenas, devido a que? Djalma não havia definido o seu vice… Dra. Irismá como sempre procedeu na política, empurrou com a barriga um assunto tão sério.
A sua decisão ontem, alegrou e incentivou os djalmistas? Claro… estavam todos sem pai e sem mãe… aliás sem mãe, pai eles tinham que era Djalma. É o chamado tesão de mijo de velho…
Nenhuma família que trocou de lado, vai voltar para a oposição, o estrago já foi feito, pois todos já posaram ao lado do prefeito Leonardo, de camisa amarela, fazendo o “L”, que encheram as redes sociais. E agora?
Agora é esperarmos o dia 15 de novembro, para certificarmos se estamos certos ou errados. A oposição perdendo a eleição, sepultará politicamente os dois ex-prefeitos Djalma e Irismá. O ex-prefeito não merece um fim tão melancólico, já que deu exemplo de honestidade e competência quando governou Gandu mesmo por alguns meses.
Para que não paire nenhuma dúvida sobre o que escrevemos, queremos salientar que o Partido Trabalhista Brasileiro-PTB, presidido por Zebrão, coligou-se na majoritária com a coligação encabeçada pelo PSD de Djalma Galvão. (Texto: Zebrão)

.

Comentários estão fechados.