WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

OPOSIÇÃO ELEGE MESA DIRETORA DA CÂMARA DE VEREADORES DE ITAMARI. DIAS DIFÍCEIS PARA O PREFEITO TOM

.

O prefeito empossado de Itamari Dr. Tom Vasconcelos, foi o único na região, que não conseguiu eleger o presidente da Câmara que fosse aliado. Não deve ter-se preocupado com o assunto, pois todos nós sabemos a importância, que Legislativo e Executivo caminhem de mãos dadas, apesar de que na Constituição estar lá no seu artigo 2º. SÃO PODERES INDEPENDENTES E HARMÔNICOS ENTRE SI, O EXECUTIVO, O LEGISLATIVO… independentes coisa nenhuma, nunca foi e nunca será.
É super importante, o prefeito ter um aliado como presidente, TODOS brigam por isso, quem não o faz, paga caro as conseqüências. Faltou conversa, credenciar alguém do grupo para conversar com os vereadores, alguém político para ouvir os senhores edis, que gostam de ser valorizados, aliás, quem não gosta?
A verdade é que a administração começou dando um tiro no próprio pé. Para citarmos um exemplo de cima, todos nós estamos vendo pelas informações dos noticiários, a briga em Brasília pelas presidências da Câmara e do Senado. O presidente tem o seu candidato declarado, o grupo do atual presidente vai apresentar o seu. Em 1996 quando fomos eleitos prefeito de Gandu, eram 13 vereadores, o nosso lado elegeu 5, a oposição capitaneada pelo saudoso deputado Osvaldo Souza 8. Em outubro… no dia 01 de janeiro, deu o inverso, elegemos o nosso candidato por 8 x 5, o vereador Moreno.
Quando tomamos conhecimento da eleição de um candidato da oposição, deduzimos que havia dedo do ex-prefeito Kçulo, logo a seguir recebemos vários telefonemas de amigos e leitores nossos da cidade, tanto de um grupo como de outro, inclusive um vereador, nos alertando que o ex-prefeito não teve nenhuma participação, o cabeça pensante, o cérebro, o alfaiate que costurou tudo, foi o ex-vereador e candidato derrotado Zebu, que conhece como poucos a casa legislativa.
Talvez o prefeito por ser neófito em política, não deu a devida importância, o valor de ter um aliado na presidência, autoconfiança, subestimando, já que elegeu 6 dos 9 vereadores, para ele era fato consumado. Nadica de nada… hoje, a maioria das Câmaras, já elegem a mesa e votação das contas dos prefeitos e ex-prefeitos em aberto, no caso de Gandu é em aberto, mas o voto secreto… dá uma vontade doida de trair… o seu candidato ficou com apenas 3 votos. Algo errado, claro.
Só podia haver uma insatisfação latente, após a eleição o prefeito eleito reuniu-se com os vereadores? Acreditamos que não. Conversou com cada um individualmente? Não. Foi na casa dos eleitos agradecer o apoio recebido, colocando-se á disposição, ouvindo os reclamos de cada um? Não… enquanto isso, o candidato derrotado á prefeito, vereador por várias legislaturas, com serviços prestados, que senta no passeio, entra na casa das pessoas e vai direto á cozinha, deve ter conversado e muito. Inclusive quando deduzimos que havia sido ARTE de Kçulo, é porque geralmente, nestes casos corre dinheiro, mas todas as pessoas com quem conversamos, nos garantiram que nada disso aconteceu, foi trabalho exclusivo de convencimento, de jogo de cintura do então vereador Zebu, que se credencia como a mais forte liderança da oposição na cidade. Inclusive uma pessoa conceituada nos informou, que o povo votou contra não foi a Zebu, foi contra o descaso, a irresponsabilidade dos dois prefeitos que não valeram UM, pois segundo este eleitor de Tom, Zebu é um cidadão simples, dedicado, trabalhador, honesto, que mostrou competência como presidente da Câmara nos dois últimos anos, realizando uma brilhante administração como a construção do prédio da casa legislativa.
Tentamos no dia de ontem, entrar em contato com o ex-vereador Zebu, infelizmente não conseguimos, para que ele então confirmasse ou não, o que nos foi relatado. Como confiamos nas pessoas que nos telefonaram, pessoas equilibradas, sensatas, conceituadas, é que estamos fazendo o comentário. Após as eleições, em um dos nossos artigos, dissemos que Kçulo e a prefeita, que os dois prefeitos que não valiam um, iriam colocar cascas de banana no passeio liso e molhado por onde Dr. Tom iria passar, que o casal iria preparar armadilhas, pegadinhas, pacote de BONDADE, como o caso da reintegração dos funcionários.
Os dois passaram quatro anos desobedecendo as ordens da justiça, ao apagar das luzes, reintegram os funcionários exonerados por eles… bonzinhos que são… deixam quatro anos fora da folha e no último mês, desfazem do decreto de maldade que fizeram.
A última conta da prefeitura referente a 2018, a prefeita e o primeiro damo, tiveram as contas REJEITADAS pelo TCM, por extrapolar o limite máximo para despesa total com pessoal, em descumprimento ao previsto na LRF, que é de 54% da Receita Corrente Líquida, chegando a 60,20%. Isso sem a admissão dos funcionários exonerados que foram reintegrados no mês de dezembro. E em janeiro? O limite vai explodir, o município vai ficar ingovernável. As contas do atual prefeito, serão rejeitadas, vai ficar inelegível… só que quem estava fora, votou em Dr. Tom, na esperança que ele os reintegrasse.
O casal de maldades que governou o município, antecipou e deu um abacaxi sem tamanho ao prefeito que iria tomar posse. Estamos vendo a coisa feia na administração de Itamari. O prefeito está com as mãos atadas, aliás, as mãos só não, os pés também. Não queríamos estar na pele de Dr. Tom… a quem desejamos, força, fé e coragem, principalmente compreensão dos seus eleitores, aqueles mais afoitos que esperam uma mudança brusca nos setores que estão dilapidados como a educação e saúde, achando que a partir de hoje, tudo estará funcionando normalmente. Mas como?
OPOSIÇÃO FAZ A MESA DIRETORA DA CÂMARA EM ITAMARI

ESMERALDINO LISBOA NETO-Dino Lisboa-PP
Presidente
JAILTON MATTOS SILVA-Jai-PDT
Vice
JOSIVAL DOS SANTOS FREITAS-Josival de Jair-PDT
1º. Secretário
JOÃO INÁCIO DE VASCONCELOS NETO-João de Nen-PP
O que chamou atenção do BLOGDOZEBRAO, é que apesar de dois eleitos para a mesa, ser filiados ao PP, partido do prefeito, eles não aceitaram a chapa preparada pelo prefeito, encabeçada por Dyne Ribeiro, também do PP. Falta de diálogo… falta de conversa… (Texto: Zebrão)

.

Comentários estão fechados.