WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

DESGOVERNO BRASILEIRO NA CONTAGEM REGRESSIVA – Pelo Prof. ISRAEL LEAL

.

Já passou do tempo de me manifestar no cenário federal. Aguardei muito por posicionamentos do governo federal que vem se enchendo de conversas vazias. O país está sem direção nenhuma e é governado por alguém que tem as características de um imperialista tirano.
Quando a Bíblia fala do inimigo da vida, afirma que ele se apresentaria como “Messias” para atacar, mentir, enganar seu povo, esse é o Anticristo. Mais do que uma pessoa, é um espírito inimigo da vida, inimigo dos pobres e dos excluídos.
Contudo, não é possível mais tolerar que se coloque mais essas pesadas cruzes sobre os ombros da nossa população tão sofrida. Principalmente àqueles que vivem na miserabilidade.
Penso que as instâncias que deveriam atuar para inibir esse tipo de conduta por parte desse presidente têm sido omissas, tais como o Parlamento, na figura do presidente da Câmara e o Supremo Tribunal Federal.
A Constituição não está aí para defender letra, ela foi feita para expressar a vida de uma nação, defender o direito de ter direitos e em especial a justiça, principalmente para a população menos favorecida.
Bolsonaro já foi denunciado no Tribunal Penal Internacional, em Haia, por coalizão que representa trabalhadores da saúde no Brasil por crime contra a humanidade durante sua gestão frente à pandemia do Coronavirus. Perseguição declarada aos professores da rede pública e servidores na extinção de direitos conquistados.
A morte de milhares de brasileiros, dar-se a acontecer pela inércia de um presidente, que faz descaso com a vida e só toma posições sob possíveis ameaças ou quando perde os holofotes populista.
Que possamos está sempre atentos ao que a história, apesar do reacionarismo e neofascismo de Bolsonaro e de seus seguidores, nos exigirá. Como outrora dizia Platão: “TODAS AS COISAS GRANDES PROCEDEM DO CAOS”. Oxalá tenhamos a mesma origem.

(ISRAEL LEAL – Mestre em Teologia/ Professor da Rede Pública/ Licenciado em História/ Pós-graduando em História da Cultura Afrodescendente no Brasil/ Bacharel em Direito/ Pós-graduado em Compilance Jurídico)
.

Comentários estão fechados.