WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

10 PONTOS TURÍSTICOS DA BAHIA QUE NÃO PODEM FALTAR NA VIAGEM. HOJE MAIS CINCO. PARTE II – FINAL

.

Quente, amistosa e cheia de charme, a Bahia é destino certo para viagens imperdíveis! As belezas naturais, a rica cultura e a saborosa gastronomia atraem visitantes de todas as partes do mundo. Muito além das praias, a Bahia tem pontos turísticos para todos os gostos. Foi muito difícil selecionar apenas 10, mas conseguimos!
Veja abaixo a nossa lista de pontos turísticos baianos e atualize seu roteiro.
CENTRO HISTÓRICO DE PORTO SEGURO: ONDE TUDO COMEÇOU

Quando o assunto é pontos turísticos da Bahia, Porto Seguro não pode faltar no roteiro! Afinal, a região foi a primeira a ser avistada e colonizada pelos portugueses. O destino é essencial para conhecer o inicio da história do Brasil, e é no centro histórico que tudo começou.
Situado no Sul e sobre uma falésia, o local é considerado patrimônio histórico, e abriga construções imponentes e memoráveis. Uma delas é o Marco do Descobrimento, trazido pelos portugueses no séc XV, para indicar a qual país aquele território pertencia. Tem ainda o farol, inicialmente para proteção, que oferece uma das melhores vistas da região.
Para uma viagem completa ao passado, o Museu de Porto Seguro retrata a vida das tribos indígenas antes da chegada dos portugueses, com exposições e artefatos. As igrejas também contam a história local, como a Igreja de Nossa Senhora da Pena. Ela possui imagens sacras do séc XVI e XVII, entre elas a primeira imagem trazida para o Brasil, de São Francisco de Assis.
CASA DE CULTURA JORGE AMADO: O ÍDOLO BAIANO DA LITERATURA BRASILEIRA

Ilhéus é musa do escritor baiano Jorge Amado, e por isso é comum passear pela cidade e ver diversos lugares que fizeram parte das obras ou vida do autor. Museus também fazem parte dos pontos turísticos da Bahia, e esse é o caso da Casa de Cultura Jorge Amado. Estabelecido na mesma casa que o escritor passou a infância, o local oferece passeio guiado aos visitantes, com exposição de roupas, fotos, históricos de família e vídeos do escritor.
Para incrementar o passeio, dê uma passada no Bar Vesúvio, a menos de 100 m da Casa de Cultura. Ele foi cenário para o romance de Gabriela e Nacib, da obra “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado. Visite também o cabaré Bataclan, comandado por Maria Machadão na obra de Amado, e onde hoje funciona restaurante e acontecem eventos e apresentações teatrais.
PARQUE NACIONAL MARINHO DOS ABROLHOS: UM PONTO TURÍSTICO EM ALTO MAR

Seguindo ao extremo sul do estado, a cerca de 240 km de Porto Seguro, chegamos a região de Abrolhos. Este famoso ponto turístico da Bahia é, na verdade, um arquipélago a cerca de 70 km da costa. O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é composto por cinco ilhas, entre elas Santa Bárbara, habitada por cientistas e militares, e Siriba, que recebe o público. A grande atração do local são as Baleias Jubarte, que de julho a novembro usam o local para se reproduzirem e terem seus filhotes. Caso não esteja na época, é possível desfrutar de outros passeios, como observação de aves e mergulhos de cilindro pelos barcos naufragados no local.
Os passeios precisam ser previamente agendados com agências credenciadas, para que seja possível conhecer esses cenários únicos. Para realizar alguns dos mergulhos, um certificado profissional é indispensável. O local mais próximo de acesso no continente é Caravelas, a cerca de 4h de carro de Porto Seguro. Para mais informações sobre o funcionamento, confira o site oficial.
PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA: A BELEZA DO INTERIOR BAIANO

Os pontos turísticos da Bahia não estão apenas no litoral. A cerca de 400 km de Salvador, em direção ao interior do estado, está o Parque Nacional da Chapada Diamantina. Ideal para os ecoturistas, a Chapada conta com cerca de 150 mil hectares, onde é possível encontrar cachoeiras, poços de águas transparentes, grutas e muitas trilhas.
Entre tantos passeios deslumbrantes, vale conhecer a Cachoeira do Buracão. Em um cânion de 3 m de largura e 90 m de altura está a queda d’água. Após um trekking que por si só já surpreende pelas paisagens, é necessário entrar no rio e flutuar até chegar à cachoeira. Outra paisagem imperdível é a Cachoeira da Fumaça, que pode ser vista de cima ou de baixo. O trajeto por cima tem menor dificuldade, mas ainda assim possui 12 km, com um trecho bastante íngreme.
A oferta de passeios pela região é variada, mas em destinos como esse é extremamente importante ter a companhia de um profissional habilitado. Algumas recomendações: tênis e botas para trekking, água, boné, protetor solar e dinheiro em espécie são essenciais. Para mais informações sobre o local, confira o site oficial da Chapada.
SÃO DESIDÉRIO: UM DOS PONTOS TURÍSTICOS DA BAHIA QUE FOGE DO COMUM

Aprofundando-se ainda mais no interior baiano, a cerca de 570 km da Chapada Diamantina e 880 km de Salvador, chegamos a São Desidério. Um dos destinos baianos favoritos dos ecoturistas! Entre os passeios, destaque para o Parque Municipal da Lagoa Azul, de águas claras que podem ser apenas contempladas, o Sítio Arqueológico das Pedras Brilhantes, que preserva inscrições rupestres nos paredões e grutas, e o Buraco do Inferno, uma gruta com o maior lago subterrâneo do Brasil. São mais de 12 mil m² de água cristalina!
Todos os pontos visam a completa preservação da natureza baiana e não devem ser visitados sem um guia. A presença de um responsável é importante para manter o passeio seguro e as belezas naturais intocadas. Para mais informações, confira o site oficial da prefeitura da cidade. (Fonte: Magazine Zarpo)

.

Comentários estão fechados.