WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

VONTADE DE FAZER XIXI DURANTE O SEXO? ENTENDA POR QUE ISSO ACONTECE

.

Não é difícil encontrar uma mulher que relate ter sentido vontade de fazer xixi durante o sexo. Há quem diga que isso apenas acontece em casos de bexiga cheia e também quem acredita que é sinal que o “orgasmo está chegando”.
De acordo com a uroginecologista e especialista em sexualidade feminina do Sexo Sem Dúvida, Lilian Fiorelli, a situação é mais comum do que se imagina, mas nada tem a ver com a chegada de orgasmos.
“Durante a penetração vaginal existem algumas estruturas que ficam em contato com a bexiga. Na parede anterior do canal vaginal é onde a bexiga repousa. Logo, do ponto de vista anatômico, o estímulo da vagina pode induzir, indiretamente, a bexiga”, explica.
Apesar deste ser o motivo mais comum, existe um quadro chamado bexiga hiperativa que faz com que as pessoas se sintam apertadas com frequência, principalmente em situações de ansiedade e estresse. “Se é uma mulher que tem isso e está tensa com a relação sexual, causa uma vontade maior. Na hora da penetração, piora. Nesse caso, recomendo procurar um médico”, diz.
Nos homens, por outro lado, ficar apertado pelo estimulo da bexiga durante o sexo não é comum. Segundo Lilian, a uretra, localizada dentro do pênis, não influencia na vontade de urinar. “O que pode deixar um homem apertado durante o sexo é o mesmo quadro de bexiga hiperativa”, afirma.
O QUE FAZER?

Ainda que não exista um alarme programado para a “hora do sexo”, a médica recomenda, para evitar qualquer constrangimento, já começar o sexo com a bexiga esvaziada. Ou seja, se organizar para ir ao banheiro antes do sexo.
Se não for possível, a dica é, durante a relação, quando a vontade de urinar aparecer, avaliar se é algo muito urgente ou que pode esperar. Mesmo que parar no meio da transa não seja o ideal, pode evitar situações piores.
“Se a bexiga estiver muito cheia, por exemplo, pode acontecer de no momento em que a mulher chegar ao orgasmo ocorrer perda de urina. Além disso, é melhor parar do que passar o sexo inteiro pensando na bexiga. Você não curte e o orgasmo acaba nem vindo”, diz.
A especialista aponta ainda que outra solução eficiente para diminuir as chances de perda de urina durante o sexo em casos do tipo é fortalecer o assoalho pélvico.
XIXI PÓS-SEXO

Uma recomendação bastante comum é sempre urinar depois das transas. Seria um mito? A ginecologista garante que não. “O xixi depois do sexo tem a função de prevenir infecções urinárias depois de relações sexuais”, explica.
De acordo com a especialista, a tática funciona porque a penetração facilita a entrada de bactérias na bexiga, principalmente nas mulheres, que têm a uretra pequena e um consequente menor caminho para a bactéria correr até o sistema urinário. “Quando fazemos xixi, se alguma bactéria entrou na bexiga, ela vai sair”, diz.
Para os homens, contudo, urinar depois da transa não faz diferença, uma vez que suas uretras são longas e os casos de infecções urinárias no gênero são raros. “Mas se quiser fazer, por precaução e para se aliviar, sem problemas”, finaliza. (Fonte: Metrópole)

.

Comentários estão fechados.