WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

CONHEÇA AS 8 PICAPES QUE SERÃO LANÇADAS NO BRASIL EM 2022

.

Com lançamentos pontuais nos últimos anos, o segmento de picapes terá um 2022 bastante agitado no Brasil. Além de renovações consideráveis de dois modelos, quatro caminhonetes inéditas chegarão ao país no ano que vem.
Elas devem ocupar praticamente toda a faixa de mercado – começando logo acima de R$ 100 mil, podendo inclusive ultrapassar os R$ 400 mil. Autoesporte listou as oito novidades esperadas para 2022 nesse segmento. Confira:
CHEVROLET MONTANA

Chevrolet Montana já foi flagrada em testes na Coreia do Sul — Foto: Reprodução/Auto Post Korea

A nova geração da picape vai crescer e passar a concorrer com outro modelo da Fiat: Toro, em vez de Strada. O lançamento deve acontecer perto do meio do ano, afinal, a fábrica de São Caetano do Sul (SP) ainda está sendo preparada para abrigar mais um produto.
A nova Montana tem visual inspirado no Trailblazer vendido na Ásia. Mas o conjunto mecânico será o mesmo do Tracker. Motor 1.2 turbo de 133 cv e câmbio automático de seis marchas.
CHEVROLET SILVERADO

Chevrolet Silverado ZR2 e High Country foram as versões escolhidas para o Brasil — Foto: Divulgação

Numa ponta, a Montana. Na outra, a Silverado. A linha de picapes da Chevrolet ficará completa com a chegada da caminhonete tamanho GG. E ela será em grande estilo: com duas versões e motores V8 a gasolina (o mesmo do Camaro) e 3.0 de seis cilindros turbodiesel.
Com eles, a Silverado conseguirá encarar, de uma só vez, a Ram 1500 Rebel (também V8) e até a 2500 (também turbodiesel). A grande vantagem da Chevrolet, porém, é a possível produção da picape no México. Com isso, ao menos a opção ZR2 com motor V8 pode chegar mais barata do que a concorrente direta.
FIAT STRADA CVT

Fiat Strada será a primeira picape pequena com câmbio automático — Foto: Fábio Aro / Autoesporte

A Strada tem tudo para se tornar o carro mais vendido do Brasil em 2021. Na nova geração, conseguiu atrair um público que também quer uma picape para o lazer, além da tradicional clientela formada por empresas e autônomos que usam o veículo para trabalho.
Para 2022, a Fiat prepara uma inédita versão com câmbio automático. Inédita porque, até hoje, a única opção sem pedal de embreagem era a polêmica transmissão automatizada Dualogic.
Na nova Strada, a fabricante vai combinar o motor 1.3 Firefly com o câmbio CVT que estreou no Pulse, fazendo a primeira picape pequena automática do mercado brasileiro.

FORD MAVERICK

Nova Ford Maverick: a “mini” F-150 quer desbancar a Fiat Toro no Brasil

A Maverick até foi apresentada no Brasil em 2021. Mas as vendas só começam em janeiro, “abrindo a porteira” para as picapes de 2022. Sua missão é trazer novos clientes para a Ford, ajudando no processo de reconstrução da fabricante após o fim da produção.
Atributos para isso, ela tem. A começar pelo visual imponente. O conjunto mecânico, emprestado do Bronco Sport, é formado por um motor 2.0 turbo de 253 cv e 38 kgfm, câmbio automático de oito marchas e tração integral. Por ora, apenas a versão Lariat está disponível. O preço ainda é um mistério, mas deve ficar bem acima dos R$ 200 mil.
GREAT WALL POER

Great Wall Poer foi lançada na China há cerca de dois anos — Foto: Divulgação

Esse é um caso de produto inédito de uma marca estreante. A Great Wall Poer foi lançada na China há pouco mais de dois anos. Ela deve ocupar o segmento mais disputado, concorrendo com Toyota Hilux e Chevrolet S10.
Para isso, vai apostar em um porte avantajado. São 5,41 m de comprimento, 3,23 m de entre-eixos, 1,93 m de largura e 1,88 m de altura. Há duas motorizações: 2.0 turbo a gasolina de 190 cv ou 2.0, mas turbodiesel, de 162 cv.
Em um primeiro momento, a Poer será importada. Mas há chances de a produção ser nacionalizada para Iracemápolis (SP).
NISSAN FRONTIER

Nissan Frontier tem faróis com luzes em nova posição, grade frontal maior e para-choque redesenhado — Foto: Divulgação

A primeira reestilização desta geração da Nissan Frontier já está “no forno”. A chegada está prevista para o segundo trimestre de 2022. A atualização deve seguir o visual adotado no México, onde, curiosamente, há duas gerações da picape vendidas simultaneamente.
A “nossa”, virá da Argentina, e tem faróis com novo arranjo interno das luzes, grade redesenhada – e bem maior e novos para-choques, tampa da caçamba e lanterna. De forma geral, a caminhonete tem traços mais agressivos.
Na cabine, o volante tem desenho inspirado no Kicks e o computador de bordo passa a ter uma tela maior. E só. O conjunto mecânico não terá alterações.
PEUGEOT LANDTREK

Peugeot Landtrek deve ter motor inédito no Brasil — Foto: Divulgação

Sob o comando da Stellantis, responsável pelas bem-sucedidas Toro e Strada, a Peugeot vai voltar ao segmento de picapes com a Landtrek. A missão não será fácil, já que as rivais serão Chevrolet S10, Toyota Hilux e cia.
Importada do Uruguai, a Landtrek vendida no Brasil deve usar uma motorização diferente de outros mercados. A opção mais provável é um 2.0 turbodiesel de 180 cv, associada ao câmbio automático de 6 marchas com opções de tração 4×4 ou traseira.
RENAULT OROCH

A Oroch não acompanhou a troca de geração que o Duster recebeu em 2019. Mas a Renault não esqueceu da picape. Para o ano que vem, a marca francesa prepara uma reestilização profunda.
Se não vai ter uma nova geração, ao menos a Oroch terá o motor 1.3 turbo que estreou no Captur. Só resta saber se a tração 4×4, disponível no Duster 1.3 argentino, estará disponível na picape brasileira. (Fonte: outlook.live.com)

.

Comentários estão fechados.