WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

GALAXY S21 FE: VAI BOMBAR OU FLOPAR?

.

O novíssimo Galaxy S21 FE acaba de ser anunciado no Brasil. Ele vem para dar continuidade à linha de celulares premium acessíveis da Samsung, que começou com o S10 Lite e seguiu com o Galaxy S20 FE.
Contudo, será que o Galaxy S21 FE vai conseguir fazer jus ao sucesso que a geração anterior teve?
Como vimos, ele segue exatamente o que se propõe. Ou seja, traz configurações acima da média, se aproximando dos top de linha. Entretanto, com menos recursos que as versões anteriores.
Assim, vou expor um pouco minhas impressões: será que este modelo vai emplacar um bom número de vendas ou dará fim à proposta dessas edições especiais? É um modelo que faz sentido agora, no começo de 2022? Existem outras opções nesse segmento?

SUCESSO DO GALAXY S20 FE PODE SE REPETIR?
É uma pergunta difícil de responder, mas podemos levantar alguns pontos, começando pelas configurações do aparelho.
O Galaxy S20 FE teve uma estreia um tanto tímida em solo brasileiro, já que chegou com o chipset Exynos. Porém, quando recebeu uma outra versão, dessa vez com o querido Snapdragon, ele teve um boom de vendas.

O Galaxy S20 FE foi o queridinho da Black friday de 2021(Imagens: Galaxy S20 FE/ Canaltech)

Este modelo chegou a ser líder de vendas na Black Friday de 2021, tornando-se um sucesso, de certa forma, tardio.
Entretanto, outros pontos são importantes para justificar essa explosão de vendas. Um deles era a falta de concorrentes quando foi lançado.
Nessa faixa de preço, o Galaxy S20 FE era praticamente um exclusivo. Ou seja, trazia configurações interessantes com um acabamento quase premium. Isso sem custar o “preço cheio” do segmento topo de linha da Samsung em 2020.
Hoje em dia, contudo, o Galaxy S21 FE tem diversos concorrentes para encarar, o que pode se mostrar uma tarefa bastante árdua.
CONCORRENTES DE PESO DO GALAXY S21 FE
O que pode dificultar bastante a vida do Galaxy S21 FE é a ampla gama de novas opções que concorrem na mesma faixa de preço e que conseguem proporcionar uma experiência semelhante, senão superior em termos de hardware. Apesar de alguns modelos não estarem disponíveis nacionalmente.
Entre os principais concorrentes do Galaxy S21 FE, posso citar o Pixel 6, que oferece muitos recursos avançados e encontra-se com um preço acessível. Inclusive ele traz um acabamento superior em relação a esse lançamento da Samsung.

FOTO NO EMAIL 42

O Galaxy S21 FE vem em cores foscas (Imagem: Galaxy S21 FE/ Canaltech)

Apesar de ser pouco comentado aqui, já que não temos um ponto de venda oficial dos flagships da Google, o Pixel 6 conseguiu inovar muito no seu conjunto de câmeras e também oferece uma experiência diferenciada para os fãs do Android “puro”.
Outra opção interessante pode ser o Motorola Edge 20. Obviamente, esse celular não é um topo de linha, mas, considerando o preço atraente, ele pode ser uma nova opção.
Com seu chipset Snapdragon 778G, ele possui uma performance muito boa e com certeza não deixa a desejar quando comparado ao smartphone “capado” da Samsung.
Além disso, o Motorola Edge 20 tem uma tela OLED digna de respeito, com resolução Full HD+, taxas de atualização de 144 Hz e suporte a HDR10+ (um melhor contraste e maior brilho na prática).
Fora esses dois concorrentes, outro modelo que pode flopar o S21 FE é o próprio Galaxy S21 padrão, já que ele apresenta um preço muito mais competitivo agora em 2022.
Isso é ainda mais reforçado quando lembramos que a nova linha de flagships da sul-coreana está para ser lançada. Com a chegada dos novos Galaxy S22, os preços da versão anterior são pressionados para baixo, de forma a se diferenciar dos lançamentos.

Como o Galaxy S21 FE ainda será um lançamento recente quando os S22 chegarem, essa “pressão” pode não afetá-lo de imediato. Dessa forma, ele poderia ficar bastante deslocado e com preços muito destoantes por alguns meses.
Por sinal, este pode ser outro complicador para um possível flope do Galaxy S21 FE: seu preço de lançamento. É sabido que o valor dos produtos da Samsung chegam com valores impraticáveis no mercado brasileiro. Contudo, basta esperar alguns meses para que eles se tornem competitivos de fato.

A tela do Galaxy S21 FE decepcionou um pouco (Imagem: tela Galaxy S21 FE/ Canaltech)

Por esses motivos, muitos se questionam sobre o porquê desse lançamento meio “às pressas” agora, pouco antes do anúncio de novos aparelhos. O Galaxy S21 FE com certeza irá sofrer bastante por não ter sido lançado numa janela mais estratégica, tal qual seu antecessor.
O QUE JOGA A FAVOR DO GALAXY S21 FE?
Apesar de todas essas questões, o Galaxy S21 FE ainda pode ser uma excelente escolha. Desde que comprado por um valor justo.
Ele é um modelo bastante recente. Isso quer dizer que vai ter um bom suporte da Samsung no quesito atualizações, ou seja, será um celular para durar bons anos por vir.
Apesar do lançamento da linha S22 estar batendo à porta, ela ainda vai chegar com preços altos. Então, fica a cargo dos próprios consumidores decidirem o que eles preferem: um celular mais acessível, mas sem todos os recursos disponíveis; ou um modelo mais novo, muito provavelmente mais caro, porém com novas funcionalidades.
Ademais, também devemos levar em conta a urgência para trocar de celular. Caso você esteja satisfeito com o seu modelo atual e ainda aguente mais alguns meses (talvez até a própria Black Friday de 2022), esperar pode ser a melhor estratégia.
Todavia, se seu smartphone já não atualiza mais, se mostra bastante defasado ou não consegue rodar determinados aplicativos, talvez seja mais difícil esperar pela queda do preço do Galaxy S21 FE. E, por isso, outras opções podem ser mais atrativas.

Essa escolha é muito pessoal e vai depender da situação de cada um. Além de variar conforme as exigências de cada usuário, de forma que, por conta dessas configurações, o Galaxy S21 FE pode não fazer muito sentido.
Fato é que a Samsung pode ter perdido a oportunidade de repetir o sucesso do Galaxy S20 FE. Isso pode ter acontecido por diversos motivos.
Entre eles, não podemos deixar de citar a famigerada “crise dos chips”, que sequer tem uma previsão para acabar. Entretanto, por bem ou por mal, acabou que o lançamento não foi no melhor momento possível.
MESMO COM EXYNOS, SERÁ QUE O GALAXY S21FE VAI BOMBAR?
Uma configuração que pode ter decepcionado os fãs foi a escolha do SoC. Assim como em alguns modelos do ano passado, o Galaxy S21 FE vem equipado com chipset Exynos 2100.
Mesmo que alguns torçam o nariz, por enquanto, essa é a opção que está disponível no Brasil. Ainda assim, é um processador acima da média — tanto que é o mesmo que integra o poderoso Galaxy S21 Ultra — e que consegue equilibrar muito bem potência e eficiência. Talvez por isso a Samsung tenha preferido essa opção ao Snapdragon.
Contudo, nada impede de no futuro, assim como aconteceu com o Galaxy S20 FE, termos uma versão com outro processador.
Apesar disso, o preço de lançamento do S21 FE não foi tão alto — apesar de não ser barato —, viso que os R$ 4,5 mil do lançamento garantem um Galaxy Buds de brinde. No varejo, o aparelho já pode inclusive ser comprado por R$ 4 mil à vista.
Se a escalada dos preços continuar para baixo, é bem possível que o celular chegue perto dos R$ 3 mil nos próximos meses e aí já será um bom negócio. Portanto, a nova aposta da Samsung tem boas chances de bombar. (Fonte: Canaltech)

.

Comentários estão fechados.