WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

OPINIÃO DE ZEBRÃO – OPOSIÇÃO DE GANDU JÁ DECIDIU O SEU CAMINHO: ACM NETO PARA GOVERNADOR

.

No último domingo, 17, vários integrantes da oposição, a Banda B da política de Gandu, dirigiram-se à cidade de Amargosa, para recepção ao pré-candidato ao governo do estado ACM Neto, devidamente convidados pelo deputado estadual e pré-candidato à federal Dal do Posto, que foi o anfitrião.
Encheram os tanques dos seus veículos (0800 é claro), dirigindo-se à cidade do encontro político.
Mais uma vez, o grupo capitaneado pela ex-prefeita Irismá, composto pelo seu filho Dr. Eron, vereadores Piloto de Chicurinha e Onofre, lideranças políticas como Zezinho Valentim e Narciso, apoiadores do pré-candidato à federal Dal do Posto, já que para estadual está uma sopa de letrinhas de antigamente. Incluindo também o ex-prefeito Djalma Galvão, que para federal vai de Dal e para estadual Rosemberg-PT, aquele mesmo…

É bom ressaltar, que Djalma para governador vai de ACM Neto, cortando definitivamente o cordão umbilical com o PETISMO, sendo um dos fundadores do partido em Gandu.

A atitude do ex-prefeito Djalma que é um homem de bem, sério, direito, honesto, já deveria ter sido tomada em 2018, pois na prefeitura não recebeu nada do governador Rui Costa, a não ser ingratidão. Atribuimos ao governador, a sua derrota em 2016 ao seu partido e principalmente ao governador.
É bom sempre lembrar, que Djalma entre outros fatores para a sua derrota em 2016, foi a total falta de apoio do esquema governamental à sua campanha, que atribuímos a Rosemberg Pinto (infelizmente ainda continua apoiando esse deputado) e a deputada federal Alice PARAGUAI, pois não tiveram prestígio para que o governador que estava em Algodão, chegasse até Gandu, em um sábado, sábado esse destinado ao comício do petista e desse uma volta pela cidade com o candidato do seu partido, já era…

Djalma perdeu a eleição para Léo (à época éramos íntimos, por isso Léo) com uma diferença de apenas 248 votos, o que representa 125, pois se 125 eleitores deixassem de votar em nosso candidato Léo e votassem em Djalma, ele teria 8.022 contra 8.024 do prefeito, que teria vencido então a eleição por DOIS votos.
O grupo político da ex-prefeita, está dividido mesmo é com relação à estadual. Os dois vereadores tem seus candidatos e ainda um diferente do outro. Djalma outro, apesar de sabermos que o ex-prefeito Djalma não faz parte do grupo da ex-prefeita.
Existe unanimidade para federal, para estadual cada um por si. Dra. Irismá e seu filho Dr. Eron com o seu milionário. Piloto de Chicurinha com outro. Onofre também com um nome diferente. Djalma Galvão com outro. Roberto Oliveira também com outro… vereador Bozó com Sandro Régis.

Quem sobrou foi o ganduense com serviços prestados à cidade, o jovem Holmes, ex-secretário de Saúde do governo de Dra. Irismá, mas com inúmeros serviços prestados individualmente a muitos ganduenses e pré-candidato à deputado federal.
Não falamos sobre o Partido dos Trabalhadores-PT, pois em nossa cidade não existe em termos eleitorais. É um verdadeiro molho de coentro. Os seus eleitores cabem em uma velha Kombi. Insignificantes… um zero à esquerda.

Já o grupo do ex-prefeito Neco, dos 11 vereadores quase à unanimidade estão a apoiar os seus candidatos, Niltinho a estadual e Neto Carletto a federal. Já o vice prefeito Jojó, tem o seu federal Arthur Maia e o estadual Niltinho.
A verdade é que o grupo do ex-prefeito e do atual prefeito Dr. Leonardo Cardoso, vai dar um verdadeiro banho de votos nos seus adversários, coisa de cinco vezes mais que o mais votado pela oposição, tanto para estadual como para federal.
Em todas as eleições, mais de CEM candidatos tanto a estadual como federal, são votados em Gandu, em um desperdício sem precedentes, pois os beneficiados na sua grande maioria, não sabem sequer onde fica Gandu.

Finalizando voltamos a perguntar: ACM NETO logo após a ressaca de Carnaval, vai ou não chamar o grupo do ex-prefeito Neco para apresentação, sob as bênçãos dos deputados Niltinho e Neto Carletto?
Ou vai proceder como assim esperam os oposicionistas? Só serão recebidos após as eleições municipais de 2024… quem viver verá. E nós vamos ver sim, graças a Deus… acreditamos que logo após o Carnaval de 2023, com alguns ainda fantasiados da festa, estarão no gabinete do governador ACM Neto.
(ANTONIO CARLOS FARIAS NUNES é Bacharel em Administração, Bacharelando em Ciências Políticas, ex-Professor de História da Filosofia no Colégio Castro Alves, em Gandu; ex-Professor de OSPB e EMC da Escola de 2º. Grau Eliseu Leal, em Gandu. Ex-funcionário dos Bancos BANEB e Brasil em Gandu; Ex assessor dos deputados Osvaldo Souza, Nestor Duarte e Félix Mendonça; Ex-Vice prefeito e ex-prefeito de Gandu)

.

Comentários estão fechados.