WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

OPINIÃO DE ZEBRÃO: 25 ANOS ATRÁS, EM 27 DE JULHO DE 1997, BANDA CHICLETE COM BANANA NO AUGE, TOCAVA EM GANDU. EDSON GOMES TAMBÉM…

.

25 anos já se passaram. Zebrão quando candidato à prefeito em 1996, prometeu em praça pública a Banda Chiclete com Banana durante um dos seus mega comícios, respondendo à sua adversária que havia prometido em um comício anterior que se eleita fosse, traria em praça pública Daniela Mercury.
Promessa feita, promessa cumprida.
No dia 27 de julho, véspera do dia da cidade, na praça do mercado, 25 anos atrás, colocou para abrilhantar os ganduenses e toda a região, a Banda Chiclete com Banana que vivia um dos seus melhores momentos, estava no auge.
Bel comandou o espetáculo, em cima do Trio Elétrico Tapajós, de Orlandinho, filho do velho Orlando. A praça não cabia mais ninguém. Toda a região do baixo sul esteve presente para prestigiar Bel e os seus comandados. Festa maravilhosa, que ficou marcada por muitos e muitos anos. Noite inesquecível para milhares dos seus fãs.

No dia seguinte, Dia da Cidade, no mesmo local, praça do mercado, apresentou-se o grande cantor também no auge da sua fama EDSON GOMES.
Mais uma vez a praça lotada. Milhares e milhares de pessoas se acotovelaram-se para assistir ao grande cantor reggae.
Dois de festa sem igual em Gandu. Dia da cidade que ficou marcado por muitos e muitos anos na memória dos jovens da época. Zebrão era saudado como o maior prefeito que a cidade já teve em termos de festa. Pois nenhum prefeito antes e nem depois, teve a ousadia de trazer para apresentação em praça pública, dois astros seguidos da música popular brasileira, que movimentou toda a região. Além de que todo o último sábado de cada mês, um trio elétrico era contratado para apresentação na cidade.
Caravanas chegavam de todas as cidades, recebemos as visitas de alguns responsáveis por algumas delas como de Vitória da Conquista, Itapetinga, Eunápolis, Bom Jesus da Lapa etc. Toda a Bahia esteve presente em Gandu naquelas noites.
É bom salientar, que a prefeitura não recebeu nenhum centavo da Bahiatursa ou de outro órgão do governo, foi tudo com recursos próprios.

Chiclete com Banana por exemplo, começamos o pagamento em 20 de janeiro até 20 de julho de 1997. Foram sete pagamentos mensais. Quando a banda apresentou-se em Gandu, já o débito estava pago.
Movimentava-se a cidade. O comércio exultava. Os vendedores ambulantes endeusavam o prefeito…
Um quarto de um século se passou. Ficou a saudade. Se nos perguntassem, você faria hoje diferente do que fez em 1997, responderíamos NÃO! Pois só em ver a alegria e felicidade, o sorriso do ambulante… para nós era importante, pois nada melhor do que você ter a consciência que está ajudando a colocar comida na mesa de quem mais precisa, através da alegria permanente.
Gandu saiu do foco das páginas policiais dos jornais e passou a freqüentar as páginas do entretimento, da alegria, da felicidade…
(ANTONIO CARLOS FARIAS NUNES é Bacharel em Administração, Bacharelando em Ciências Políticas, ex-Professor de História da Filosofia no Colégio Castro Alves, em Gandu; ex-Professor de OSPB e EMC da Escola de 2º. Grau Eliseu Leal, em Gandu. Ex-funcionário dos Bancos BANEB e Brasil em Gandu; Ex assessor dos deputados Osvaldo Souza, Nestor Duarte e Félix Mendonça; Ex-Vice prefeito e ex-prefeito de Gandu)

.

Comentários estão fechados.