WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

QUASE SEIS MIL VAGAS: VEJA QUE INSTITUIÇÕES BAIANAS VÃO OFERTAR VAGA NO SISU

.

Está chegando a hora. Ontem, terça-feira (7), começou a disputa de vagas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a Bahia terá cerca de 5,7 mil vagas disponíveis, distribuídas em 9 Instituições de Ensino Superior. As inscrições vão até o dia 10 de julho e os resultados ficam disponíveis no próximo dia 14.
Na Bahia serão disponibilizadas 5.759 vagas em 190 cursos de graduação de duas universidades federais, três estaduais, uma de Integração e outros dois institutos federais espalhados por todo o estado. Podem concorrer todos aqueles estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019.
Dessas, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) é a que possui o maior número de vagas, mais de 1,5 mil. Já a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) é a que oferece a maior quantidade de cursos disponíveis, 45, dado que faz jus ao título da Uneb como maior instituição pública estadual de ensino superior.
No total, a Bahia tem campi de 10 universidades federais e outros dois institutos federais, o de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) e o Baiano (Ifbaiano). No entanto, não são todas que vão oferecer vagas no Sisu 2020.2. A Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsb), por exemplo, suspendeu todos os processos seletivos durante a pandemia, mantendo apenas os que haviam iniciados antes.
Já a Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e a do Vale do São Francisco (Univasf) já não participariam do Sisu 2020.2 independente do surgimento da pandemia no mundo.
Futuro
As aulas dos aprovados nessa edição do Sisu devem ter início no segundo semestre letivo de 2020, o que não significa que acontecerá, na prática, ainda esse ano. É que, com a pandemia do novo coronavírus, algumas universidades viram as aulas serem suspensas quando mal começavam o primeiro semestre de estudo. Outras, como o Ifba, por exemplo, nem conseguiram terminar o semestre de 2019.2, devido aos atrasos no calendário acadêmico da instituição causados por greves.
Hoje, ainda não há qualquer perspectiva de retorno das aulas presenciais em nenhum universidade do estado. A Uneb foi a única que começou a montar um protocolo para a volta às aulas, mas sem data definida.
Essa indefinição incomoda o estudante Davi Santana, 19, mas caso ele consiga a aprovação a sensação de alívio irá se sobrepor.
“É muito complicado pra gente que sai do Ensino Médio e não consegue uma aprovação imediata porque ficamos em um limbo. Entrar no mercado de trabalho é difícil e ou ficamos em cursinho ou estudando de casa, como é o meu caso. Conseguir a aprovação vai ser um alívio porque me livro de fazer o Enem novamente e já me despreocupo que terei uma coisa certa para fazer”, diz o rapaz que quer ser engenheiro elétrico.
A instabilidade no setor educacional causada pela pandemia do coronavírus fez com que também ainda não tenhamos a data da realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Existe a possibilidade da prova ser realizada até em maio de 2021, por exemplo.
Por conta disso, Davi enxerga como ainda mais importante conseguir logo essa aprovação. Seria menos uma incerteza na cabeça do jovem, que perdeu o emprego como vendedor em uma loja de roupas durante a pandemia e tem, no vestibular, o seu grande poço de esperança.
ONDE QUE TEM VAGA?

Universidade Federal da Bahia (Ufba): 1.532 vagas em 37 opções de curso;
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB): 1.245 vagas em 33 cursos;
Universidade Estadual de Feira de Santana: (Uefs): 1.097 vagas em 30 opções de cursos;
Universidade Estadual da Bahia (Uneb): 454 vagas e 225 sobrevagas em 45 opções de cursos;
Universidade Estadual do Sudoeste Da Bahia (Uesb): 406 vagas em 24 cursos;
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba): 314 vagas em 19 cursos;
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Ifbaiano): 80 vagas em 2 cursos;
Universidade Estadual De Santa Cruz (Uesc): 302 vagas em 10 cursos
Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab): 104 vagas em 2 cursos. (Fonte: Correio)

.

Comentários estão fechados.