WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

HUMANOS PODEM VIVER ENTRE 120 E 150 ANOS, INDICA ESTUDO

.

Será que é possível superar Jeanne Calment? A francesa foi a pessoa mais velha que já viveu, falecendo com 122 anos em 1997. Pesquisadores da Singapura estimam que sim: de acordo com eles, humanos conseguem viver entre 120 e 150 anos, caso perigos óbvios como doenças ou estressores não atrapalhem.
“Eles estão se perguntando: ‘Qual a vida mais longa que poderia ser vivida por um sistema complexo humano se tudo fosse muito bem e em um ambiente sem estressores?’”, disse Heather Whitson, diretora do Duke University Center para Estudo de Envelhecimento e Desenvolvimento Humano, que não participou do artigo.
O estudo foi publicado nesta terça-feira, 25, no periódico científico Nature Communications.
COMO A PESQUISA FOI FEITA?
O pesquisador Timothy Pyrkov e colegas de equipe da Gero, empresa de biotecnologia com sede no país asiático, analisaram o ritmo de envelhecimento em três grandes cortes nos Estados Unidos, Reino Unido e Rússia. Levando em consideração os possíveis desvios de saúde estável, eles avaliaram mudanças nas contagens de células sanguíneas, número diário de passos dados e dividiram os grupos em idade.
Medidas como pressão sanguínea e contagem de células sanguíneas têm uma faixa saudável já conhecida, mas o número de passos é algo totalmente pessoal. Mesmo assim, Pyrkov e seus colegas descobriram o mesmo declínio ao longo do tempo nas três variáveis, indicando que o ritmo de envelhecimento pode ser um fator real em diferentes domínios.
O coautor do estudo, Peter Fedichev, afirma que, embora a maioria dos biólogos considere contagens de células sanguíneas e de passos “muito diferentes”, o fato de ambas “pintarem exatamente o mesmo futuro” sugere que o componente do ritmo de envelhecimento seja válido.
Além disso, os autores apontaram uma curva acentuada entre 35 e 40 anos. Pyrkov observa que, muitas vezes, este é o período que a carreira esportiva de um atleta termina, indicando que realmente existe algo na fisiologia que muda nessa idade. (Fonte: Exame)

.

Comentários estão fechados.