WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

O NOVO ENSINO MÉDIO! DESAFIOS PARA PROFESSORES E ALUNOS! – Pelo Prof. ANTONIO MOREIRA NETO – NETTÃO

.

A Partir do ano letivo de 2022, a mudanças no ensino médio irá se tornar visível, inicialmente nas turmas do 1º ano do Ensino Médio, ocupando todas as turmas até 2024. São mudanças que vão precisar de uma adaptação por parte de mestres e alunos.
As principais mudanças estruturais, vem na Lei nº 13.415/2017 envolvendo a mudança da carga horária de 800 para 1000 horas anuais, a inclusão dos chamados Itinerários Básicos Formativos, que vão levar os estudantes a escolher em qual área do conhecimento gostaria de se aprofundar.
Na mudança prevista as disciplinas obrigatórias vão ficar com 60% do currículo, enquanto 40% ficarão por conta da opção do estudante. Novas disciplinas vão ser criadas, enquanto algumas das velhas tradicionais, como Física e Química terão carga horária diminuída.

Alguns colégios públicos da Bahia, e Gandu, já iniciaram a mudança desde o início de 2020 (antes da pandemia). Nestes locais a carga horária de algumas disciplinas foram reduzidas (como exemplo a carga horária de Física e Química, que passaram de 2 aulas semanais para apenas 1 aula semanal). Novas disciplinas, como por exemplo iniciação científica, foram criadas.
A preocupação dos professores, é que a redução de carga horária de algumas disciplinas, que fazem parte da evolução do pensamento científico e tecnológico, possam ter sua eficiência de aprendizado reduzido, com a diminuição do conteúdo trabalhado, necessário para a continuidade no mundo acadêmico e para realização do ENEM e vestibulares.
Trago apara todos leitores do BLOG um resumo do que vai ocorrer, para que a população tome conhecimento e possa acompanhar se estas mudanças vão ser realmente positivas para educação de nossos jovens.

(ANTÔNIO MOREIRA NETO – NETTÃO, Licenciado em Física pela FACE e Engenheiro Agrônomo pela UFBA. Professor de Física e Química dos Colégios: Durval Libânio, Colégio Santo Antônio e Colégio Nobre)
.

Comentários estão fechados.