WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

OPINIÃO DE ZEBRÃO: HOJE BOLSONARO PERDE A ELEIÇÃO PARA O VÍRUS, DESEMPREGO, INFLAÇÃO, CRISE HÍDRICA E PARA LULA… HOJE… HOJE… CONTINUAMOS ESPERANDO QUE O PT NOS ENVIE AS OBRAS DO GOVERNO JAQUES WAGNER EM GANDU

.

Se as eleições fossem realizadas no primeiro domingo de outubro de 2021, dia 03, o presidente Bolsonaro sequer iria para o segundo turno. Perderia e feio.
As pesquisas mostram isso. Não me venham com essa que não acreditam em pesquisa. Só porque os números delas não lhes agradam. Os seus simpatizantes caem a olhos vistos, inclusive no seu segmento mais forte, que é o evangélico.

A última pesquisa Datafolha, divulgada pelo jornal Folha de São Paulo na última sexta-feira (17), prova maior da reprovação ao seu presidente nesta importante base de apoio: apenas 29% apóiam Bolsonaro, contra uma reprovação de 41%.
Para o leitor situar-se melhor, em janeiro-21, a aprovação entre os evangélicos era de 40%, portanto, uma queda de 11% em oito meses.
Faltando praticamente UM ano para as eleições de 2022, que serão realizadas em 02 de outubro, o leitor pode perguntar, então é caso perdido Zebrão? Claro que NÃO.
É só colocar uma focinheira original, com prazo de validade para dezembro-22, o jogo pode mudar. A caneta BIC deve estar cheia de tinta, para criar um novo Bolsa Família, dobrando o seu valor, programas habitacionais… fora disso, não existe fórmula para um candidato à reeleição, andar de braços dados com a inflação, crises de água e energia, desemprego… e sair-se vitorioso.
Mudar seu comportamento de água para vinho. Defecar pela boca como o fez em 7 de setembro referindo-se a um ministro do STF, chamando-o de CANALHA… e na sua santa ignorância e arrogância, dizer: “ESTE PRESIDENTE JAMAIS RESPEITARÁ DECISÕES DESSE MINISTRO…”
O presidente talvez entusiasmado com o grande número de pessoas presentes ao evento, extrapolou, só que era aquele povo dele, de 20 a 25% dos seus apaixonados, o gado na avenida Paulista estourou…
O pessoal da BOLHA acreditou que o HOMEM era retado mesmo. Ia botar para quebrar, que ia dar tapa em ministro, enquadrá-los… as ameaças caíram como música nos seus súditos.
Só que 48 horas depois o homem arregou. Abaixou as calças. Mijou para trás… ressuscitou Michel Temer, a sua arrogância, o seu falar grosso, deu lugar a falar fino, a usar rosas nas mãos. A quem ele chamava de canalha, ele dar lugar a Jairzinho Paz e Amor… e trata-o como GRANDE JURISTA… e PROFESSOR… que diferença.
As suas viúvas ficaram revoltadas. Perderam a confiança no macho. Chegaram à conclusão que o seu homem, não era tão homem assim.

Até o número de brasileiros favoráveis ao seu IMPEACHAMENT cresceu, caso ele desobedecesse as ordens do Supremo 76% das pessoas consultadas, afirmaram que sim. Eram favoráveis… contra 45% dos entrevistados no ano passado.
A verdade é que o presidente Bolsonaro vai de mal a pior. Segundo a pesquisa, ele foi eleito com 55% dos votos válidos, encolheu para 22% e 26% garantem não repetir o voto em 2022, inclusive nós, que votamos nele no segundo turno.
O combate à pandemia ele é considerado hoje por 54% como ruim ou péssimo.
Ele era considerado DESPREPARADO no ano passado por 44%, esse percentual aumentou para 62%. Bem como a avaliação do seu governo só faz cair, antes 32% achavam RUIM ou PÉSSIMO, hoje são 53%.
Os apaixonados, os que sofreram lavagem cerebral, que concordam com tudo que ele fala (ou melhor, defeca), os kamikazes, aqueles que não se vacinaram e nem irão vacinar-se, aqueles que tomam Cloroquina, que o acham um MiNTO, que suspiram ao lado da sua esposa quando ele aparece na TV, ambos com vontade que ele entrasse em suas casas… que não se decepcionaram com o seu recuo, que continuam afirmando que foi uma jogada de mestre… que eram em número de 17%, hoje encolheu para 11%…
E Michel Temer quando irá cobrar a fatura?
Até quando ele vai aceitar as decisões do STF que virão normalmente, nada vai mudar. As provas estão aí. Já passaram-se quase 15 dias e não foi dada nenhuma decisão favorável ao presidente e ou aos seus asseclas, ao contrário: Zé Trovão continua foragido. Roberto Jefferson e Daniel Silveira continuam presos.
O grande jurista e professor, continua aplicando a lei. Suspendeu portarias do presidente, manteve o rastreamento de armas, no caso da rachadinha no gabinete da vereadora, Alexandre de Moraes foi o relator e votou a favor da sua cassação, marcando posição para o futuro… aviso foi dado…
Então Bolsonaro está derrotado nas eleições de 2022? Infelizmente não. Muita água vai correr por baixo da ponte. Poder é poder… Bic é Bic…

E O PT DE GANDU ATÉ AGORA NÃO ENCONTROU AS CINCO OBRAS QUE PEDIMOS QUE NOS APONTASSEMOS QUE APÓS OITO ANOS DE DESGOVERNO, JAQUES WAGNER FEZ EM GANDU.

(ANTONIO CARLOS FARIAS NUNES é Bacharel em Administração, Bacharelando em Ciências Políticas, ex-Professor de OSPB e EMC da Escola de 2º. Grau Eliseu Leal, em Gandu)
.

Comentários estão fechados.