WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ITAMARI: MAIS UM POUCO DE HISTÓRIA EM HOMENAGEM AOS 60 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA – Pelo Prof. NELSON RIBEIRO

.

O século XIX marca a possível presença dos índios da tribo Pataxós, no nosso território, que viria a ser a antiga Fazenda Tabocas. A hipótese é fortalecida por relatos orais e por vestígios concretos deixados e encontrados por muitos moradores locais.
O nosso fundador e nome maior da história local, João Freire de Carvalho um italiano, recém chegado ao Brasil, disposto a prosperar na nova terra. Assim como a maioria, vendiam o que tinham na Itália e investiam no Brasil em áreas como a agricultura, comércio, prestação de serviços e indústria.
Ele portanto, veio da Europa para explorar terras brasileiras, e escolheu Ubaíra no Vale do Jiquiriçá, para residir e constituir família. Acompanhado dos seus 18 filhos do primeiro e segundo casamentos, precisando ajudar sua grande família conseguir independência financeira para seus membros, que a cada dia crescia com casamentos e netos, soube da existência de nossas terras inexploradas e férteis prontas para serem desbravadas.
E assim, estava montado o cenário para o começo de nossa história. Acompanhado por seus 18 filhos, do primeiro e segundo casamentos, chegou decidido a transformar aquele imenso matagal ainda virgem em lavouras produtivas e férteis. Não se sabe ainda, quantos filhos ele trouxe para região, mas temos informações mas que ele provavelmente aqui chegou com os seus 9 filhos do primeiro casamento com a Srª Maria Rosa a saber: Flávio Freire de Carvalho, José Freire de Carvalho, Manoel Freire de Carvalho, Maria Francisca de Carvalho, Júlia Freire de Carvalho, Madalena Freire de Carvalho, Rita Freire de Carvalho, Agemira Freire de Carvalho, Joana Freire de Carvalho. Com a morte de sua primeira esposa, ele casa-se pela segunda vez, com a Srª Honorina Freire de Carvalho, e teve mais 9 filhos a saber: Palmira Freire de Carvalho, Edite Freire de Carvalho, Elisa Freire de Carvalho, Hildete Freire de Carvalho, Antônio Freire de Carvalho, Ornélio Freire de Carvalho, João Freire de Carvalho, Edgar Freire de Carvalho e Joel Freire de Carvalho.

Nossa terra, coberta por matas virgens e “improdutivas”, segundo depoimentos orais, pertencia ao Sr. Anastásio Gomes ou a Dr Augusto. Segundo Sr. Zacarias Ribeiro de Carvalho, filho de Pedro Ribeiro e neto do patriarca. Segundo seus relatos a fazenda foi comprada na mão Anastacio por 12 mil contos de reis, já
segundo o Sr Mizael Inacio ex-prefeito da cidade, a compra foi feita com Dr Augusto por 9 mil contos de reis, divergências á parte, o fato é que não saiu de graça.
Apesar de ter uma família numerosa, o Sr. João Freire de Carvalho leva muitos trabalhadores do vale do Jiquiriçá, mais precisamente de Ubaíra, para sua recém comprada propriedade. Impossibilitado de se desfazer de suas terras, em Ubaira, pois precisava de recursos para manter a sua numerosa família, resolve por volta dos meados da década de 20, mais exatamente entre 1930 – 1940 levar os primeiros membros da família Freire de Carvalho para passa a habitar a Fazenda então denominada Tabocas, por conta dessa numerosa planta na região.
Aqui chegando, tinha tudo para ser feito. As cerca de 1 mil hectare de terra foram sendo negociadas e divididas entre os filhos que precisavam de recursos para manter as famílias que cresciam a cada dia. As lavouras de café por conta da crise, foi sendo substituída pelo cacau, lavoura recém introduzida na região do baixo sul da Bahia.
No próximo texto iremos escrever sobre a sede da Fazenda Tabocas. Como era a paisagem? Onde foram construídas as primeiras casas? Quais foram os primeiros moradores não pertencentes ao núcleo familiar dos Freires? O que moveram esses homens e mulheres escolherem Itamari como morada?
Gostou do texto, vamos escrever juntos. entre em contato, vamos trocar informações.
*O artigo não reflete necessariamente a opinião do blog (contrariamente aos editoriais, que são a posição oficial)

NELSON RIBEIRO FILHO
Formado em Magistério, Graduado em Ciências com Habilitação em Química. Especialista no Ensino de Química, de Ciências, em Gestão Escolar e Metodologia do Ensino Superior. Professor das Redes Estadual e Municipal de Ensino. Colunista do Blog Zebrão, Mestre em Educação (créditos)

.

Comentários estão fechados.